Última modificação em 9 de março de 2021

O que é AuC - Assets under Custody?

AuC - Assets Under Custody - é uma expressão do Inglês que significa “Ativos Sob Custódia”, em uma tradução livre para o Português.

Basicamente, o AuC representa qual o valor total de ativos que um custodiante mantém, atualiza e negocia em nome de um cliente investidor!

Uma vez que estão sob custódia, esses ativos passam a ser guardados e negociados de forma segura pelas centrais de custódia.

Podem estar sob custódia diversos tipos de ativos, desde ações até títulos de renda fixa, sendo que cada um desses tipos fica sob a custódia de uma instituição específica que é responsável pela liquidação dos mesmos.

No caso de ações, nós contamos com a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), que garante a liquidação dos ativos registrados na Bolsa de Valores do Brasil (B3).

Já os ativos de renda fixa ficam sob a custódia do Sistema Especial de Liquidação e Custódia (SELIC), no caso de títulos federais, e Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos (CETIP), que custodia títulos privados de renda fixa.

Investir para ter renda passiva?

Investidores estão usando este material para ganhar dinheiro com FIIs.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Como funciona o AuC - Assets under Custody?

Os ativos sob custódia, como já vimos, são assim chamados porque estão sob a guarda e manutenção de instituições custodiantes que garantem sua liquidação.

Sendo assim, quando falamos em Assets under Custody nos referimos ao valor total representado pela soma de cada um dos ativos que estão sob a custódia de uma instituição (CBLC, SELIC e CETIP).

Mas, como sabemos, nós não investimos diretamente nessas custodiantes. Então, como funcionam os ativos sob custódia?

Aqui é importante dizer que custodiantes não são a mesma coisa que agentes de custódia. Esses últimos são as corretoras e instituições financeiras nas quais os clientes investem seu dinheiro.

O que fazemos, portanto, é investir através de bancos e corretoras que são responsáveis por transferir as ações ao custodiante. Hoje esse processo acontece automaticamente graças à tecnologia utilizada para a realização de aplicações financeiras.

Sendo assim, os ativos sob custódia não são pagos diretamente pelos investidores, mas pelos agentes de custódia que acionam os custodiantes para a liquidação dos ativos.

Qual é a diferença entre AuC - Assets Under Custody e AuM - Assets Under Management?

Embora inicialmente possa parecer que os AuC tem algo a ver com os AuM, esses dois conceitos são bastante diferentes.

Em primeiro lugar, e talvez mais importante, os AuM são ativos cujas instituições que os administram têm poder discricionário, isto é, poder de administrar esses ativos da forma como for considerada mais conveniente para o investidor.

Ao contrário disso, os AuC não preveem poder discricionário nem para os agentes de custódia nem para os custodiantes.

Além disso, cada instituição financeira, banco ou corretora que faz a administração de ativos têm uma forma de calcular AuM que deve ser acompanhada pelo investidor que deseja investir em um fundo, por exemplo.

Quanto aos AuC, o que temos é o valor total de ativos que estão sendo custodiados através de um processo natural e automático que acontece após um investimento.

Desse modo, saber mais sobre os ativos sob custódia está mais relacionado ao conhecimento do que acontece no mercado financeiro depois que nós realizamos uma transação no aplicativo do banco.

Qual é a importância do AuC - Assets under Custody?

O fato de os ativos serem custodiados é importante porque é somente por meio das instituições que oferecem esse serviço que os investimentos em renda fixa e variável são liquidados.

Igualmente relevante é saber como se dá a custódia de ações e títulos de renda fixa, bem como quais são os agentes envolvidos nesse processo e quais suas funções no mercado.

Em suma, quanto mais entendemos sobre o mercado financeiro, melhores investidores nos tornamos!

Termo do dia

Fundo Long & Short

O que são fundos Long & Short? Fundos Long and Short são fundos de investimento multimercado que executam operações com a compra e venda de dois…