Mercado Financeiro

Os juros futuros transitaram em alta nesta sexta-feira em praticamente todos os contratos, curtos e longos. A alta mais expressiva, no entanto, foi registrada nos vencimentos mais distantes, de 0,23% em janeiro de 2033, e de 0,125% em janeiro de 2030, meses em que as taxas ficaram projetadas em 10,85% e 10,695%, respectivamente.

Foto: Envato
Juros futuros registram alta generalizada em todos os contratos - Foto: Envato

Para contratos com vencimento mais próximos, no entanto, as projeções recuaram, após ter apresentado alta durante as negociações: : em janeiro de 2022 houve queda residual de 0,02%, com os juros estimados em 6,84%; em janeiro de 2023, houve estabilidade, com taxa projetada em 8,675%.

Ainda na parte da tarde, o mercado negociou contratos para 2035 e 2036, projetando um juro de 11% e 11,11%, respectivamente.

Além da contabilização de uma inflação mais elevada para os próximos meses, o que deve levar o Banco Central a ir calibrando a taxa básica da economia, a Selic, para cima, a tensão na esfera política põe mais lenha nessa fogueira.

Os ânimos estão acirrados com a proximidade do 7 de Setembro, quando estão previstas manifestações de apoio ao presidente Bolsonaro e possíveis confrontos com a ala politicamente contrária.

Nesta sexta-feira, 3, o presidente da República voltou a repetir que as manifestações da próxima terça-feira servirão como ultimato a ministros do STF. No dia anterior, o ministro Luiz Fux se disse preocupado com a data comemorativa e afirmou que a liberdade de expressão não se faz com ameaças e violência.

E assim os ataques e revides entre os 3 Poderes ganham novos capítulos a cada dia. O receio é que os desdobramentos desemboquem em uma crise institucional.

O mesmo clima afetou a Bolsa que no finalzinho do pregão conseguiu reverter o sinal negativo e fechar com alta de 0,22 aos 116 mil pontos.

Confira as cotações dos contratos futuros de juros nesta sexta-feira, 3:


Mês de vencimento    
                Taxa de juro (%)         Variação (%)
01/11/2021                                     5,488                           0,01  
01/01/2022                                     6,84                          - 0,02  
01/01/2023                                     8,675                            0
01/01/2024                                     9,465                            0,03
01/01/2025                                     9,85                             0,07
01/01/2026                                     10,08                            0,1
01/01/2027                                     10,29                            0,09
01/01/2028                                     10,445                          0,085
01/01/2029                                     10,58                            0,09
01/01/2030                                     10,695                          0,125
01/01/2031                                     10,76                            0,08
01/01/2033                                     10,85                            0,25  

Imagem do autor

Editora do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais