Logo Mais Retorno

Siga nossas redes

  • Instagram Mais Retorno
  • Youtube Mais Retorno
  • Twitter Mais Retorno
  • Facebook Mais Retorno
  • Tiktok Mais Retorno
  • Linkedin Mais Retorno
fed1
Economia

Risco de alta da inflação continua sendo fator chave, diz Fed em ata

Na ata da reunião de dezembro, dirigentes dos Fed observam que os riscos sobre a inflação estão se tornando mais equilibrados

Data de publicação:04/01/2023 às 21:07 -
Atualizado 2 anos atrás
Compartilhe:

Os dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) avaliaram na reunião de política monetária de 13 e 14 de dezembro que o risco de alta da inflação continua sendo fator chave para política monetária. 

"Um par de participantes observou que os riscos para as perspectivas de inflação estavam se tornando mais equilibrados", destaca a ata do encontro, acrescentando que é apropriado manter uma política restritiva por "um período sustentado" para que a inflação volte à meta de 2% ao ano.

Fed
Redução no ritmo de alta dos juros não significa que inflação está em caminho de alta persistente

O documento ainda destaca que um número de dirigentes enfatizou que seria importante comunicar claramente que "a redução no ritmo de aumento de juros não é um indicador de qualquer enfraquecimento da determinação do Comitê em conquistar a meta de estabilidade de preços ou um julgamento de que a inflação já está em um caminho de baixa persistente".

Os dirigentes da autoridade monetária também defendem que, como a política monetária fez um trabalho importante nos mercados financeiros, uma "flexibilização injustificada" poderia atrapalhar os esforços do Comitê em restabelecer a estabilidade de preços.

Para o ritmo dos próximos aumentos, os membros devem considerar na sua avaliação "o aperto cumulativo da política monetária, as defasagens com que a política monetária afetou a atividade econômica e os desenvolvimentos econômico-financeiros". / Agência Estado

Leia mais:

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados