Empresa

A Rede D’Or São Luiz divulgou na última segunda-feira, após o fechamento do mercado, seus resultados do 1º trimestre de 2021 com números que vieram acima das expectativas, segundo análise do banco BTG Pactual. A divulgação reforçou a recomendação de compra do banco das ações da empresa, com preço-alvo a R$ 88,00.

rede d'or
Resultados trimestrais acima das expectativas reforçou a recomendação de compra das ações da Rede D'Or a R$ 88,00 - Foto: Rede D'Or/Reprodução

De acordo com os analistas, a Rede D’Or São Luiz reportou um desempenho muito forte no período, com receitas trimestrais, Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e lucro líquidos recordes.

“Os resultados foram muito melhores do que os nossos números, já que estávamos abaixo do consenso desta vez, já que algumas seguradoras de saúde, como a Sulamerica, haviam divulgado uma sinistralidade menor”, apontam os analistas.

A companhia registrou receita líquida recorde de R$ 4,72% bilhões, 19% acima da projeção do BTG, impulsionada pelo aumento de leitos operacionais, maior ticket médio – aumento de 17% sobre o mesmo trimestre de 2020 – Ebtida  sólido de R$ 1,13 bilhão (elevação de 86% na comparação anual).Já o Ebtida ajustado cresceu 95% e superou as estimativas dos analisas do banco.

Investimento de longo prazo

De acordo com o relatório do BTG Pacutal, os números de alta qualidade da Rede D’Or no 1º trimestre mostram que seus fundamentos permanecem inalterados.

“Reiteramos nossa classificação de compra dos papéis da Rede D’Or, uma vez que oferece uma combinação atraente de lucros, forte atividade de M&A e valuation”, afirma o banco.

Riscos

Os analistas do BTG apontam alguns riscos que integram sua análise sobre a Rede D’Or. Entre eles estão a concentração de renda entre os maiores clientes, TAM (Total Adressable Market, em inglês) mais limitado, riscos de execução, com a maturação de greenfields e brownfields, concorrência por ativos de M&A e tributação adicional.

O TAM (Total Adressable Market) envolve a somatória das receitas geradas por todos os players do segmento.

O termo greenfield está relacionado a projetos que ainda estão no papel e estão em fase de planejamento. Já os projetos brownfield apresentam risco menor, por já contarem com a própria infraestrutura da empresa para execução.

Oferta de ações

Nesta quarta-feira, 19, a Rede D’Or forneceu detalhes sobre a oferta de ações da companhia que pode levantar até R$ 4,5 bilhões, considerando o valor dos papéis da empresa no fechamento da véspera, de R$ 71,90.

A empresa fará uma oferta pública de distribuição primária e secundária restrita de, inicialmente, 62.600.000 ações ordinárias, podendo ser acrescenta de até 50%.

A operação engloba a distribuição primária de 25.040.000 ações ordinárias a serem emitidas pela companhia e a distribuição secundária de, inicialmente, 37.560.000 ações ordinárias de titularidade de fundos da gestora Carlyle e o Delta FM&B Fundo de Investimento em Ações, que são acionistas da empresa.

A operação está sob a coordenação do Bank of America Merrill Lynch (Coordenador Líder), do Banco BTG Pactual, do Banco JPMorgan, do Banco Bradesco BBI, do Banco Itaú BBA, do Banco Safra, do UBS Brasil e a XP Investimentos. Simultaneamente serão feito esforços de colocação das ações no exterior.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais