Mercado Financeiro

Tem R$ 20 para investir mas não sabe por onde começar? Então, o Tesouro Direto é uma excelente opção, pois ele é seguro e dependendo do tipo que escolher, saberá exatamente quanto vai ganhar.

Além de ter segurança, você precisa saber qual é o seu perfil de investidor, nesse artigo você irá descobrir tudo sobre Tesouro Direto, quando ele pode render e quais os passos para iniciar.

Além disso, descobrirá quais investimentos você pode investir além do Tesouro. Por fim, descubra qual é o seu perfil e se ele se encaixa com o tipo de investimento da sua preferência. 

O que é Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é uma plataforma criada pela Secretaria do Tesouro Nacional do Brasil implementado para facilitar o investimento para pessoa física.

Assim, todos os títulos disponíveis dentro da plataforma, podem ser adquiridos de forma online. Em síntese, quem investe no Tesouro, ou seja, nos títulos públicos, empresta dinheiro para o governo (estado) e recebe depois de um período com correção e juros.

Com esse meio de captação do governo para a pessoa física, é possível que o valor seja investido em melhorias de infraestrutura. Como por exemplo:

Já nas contas do governo, esse valor é representado como a “dívida mobiliária da união”.

Assim, em 2002 surgiu o Tesouro Direto. Então, solidificou-se a parceria entre o Tesouro Nacional e o B3 (Bolsa de Valores). A fim de democratizar o investimento em títulos públicos.

Antes, o investimento nesse tipo de título era restrito e de difícil acesso. Contudo, com o lançamento, facilmente um CPF, ou seja, pessoa física, pode adquirir os títulos com um investimento mínimo de R$ 30.

Para investir no Tesouro Direto é necessário compreender quais os tipos disponíveis que são:

Como funciona o Tesouro Direto?

O funcionamento do Tesouro Direto é bem simples, rápido e seguro. Então, para você investir pode utilizar da plataforma do governo do Tesouro Nacional. Além disso, pode vasculhar entre diversas corretoras e bancos, nas opções de investimento.

Depois de escolher em qual plataforma você irá investir, é necessário compreender os tipos de rendimentos. Assim, você saberá quanto irá receber e o período que deverá esperar para resgatar o investimento. Logo, poderá escolher qual combina mais com o seu perfil de investimento.

Tipos de rentabilidade

Esse tipo de investimento é interessante para quem é conservador e busca segurança para seus investimentos. Além disso, ele oferece diversos tipos de rentabilidade como:

Prefixada LTN e NTN-F

Nessa modalidade de investimento, o valor da remuneração está ligada à inflação e a taxa de juros. Porém, a taxa de rentabilidade é fixa. Ou seja, você sabe quanto você irá receber no fim do período.

As letras do tesouro nacional (LTN) também são chamadas de Tesouro Prefixado. Então, sua característica é que anualmente a taxa de rendimento e cobranças. Ou seja, não importa qual a volatilidade da moeda, você receberá sempre o mesmo valor acordado.

O Tesouro prefixado com juros semestrais (NTN-F) é praticamente igual ao anterior, porém a sua liquidez ocorre a cada seis meses.Além disso, as duas sofrem os seguintes descontos:

Tesouro Direto Pós-fixado (IPCA e SELIC)

No Tesouro Direto, além do LTN e NTN-F existem outros tipos de títulos e veremos a seguir.

Tesouro IPCA+

A indexação, ou seja, a métrica para calcular a taxa dos juros a serem pagos sobre o investimento, é o IPCA.  

A sigla do IPCA significa “Índice de preços ao consumidor amplo” e é mais conhecida como a taxa de inflação. Então, há dois tipos de IPCA+ que são:

Nesses dois tipos a taxa de IPCA é a indexadora para o pagamento. Então, se ela sobe você fatura mais, porém se ela desce você fatura menos. Além disso, há uma taxa prefixada junto com a do IPCA, logo é considerado um título híbrido pois possui dois tipos de rentabilidade.

Tesouro Selic

O Tesouro Direto nessa modalidade possui a rentabilidade baseada na taxa de juros básica (Selic). Assim, irá render exatamente a taxa deste juros e a sua liquidez é diária. 

Hoje, a taxa está em 2%, assim, se ela subir, o seu investimento rende mais, porém se cair, você irá perder rentabilidade.

Quanto rende R$ 20 mil em Tesouro Direto?

O Tesouro Direto sempre está entre as escolhas de investimento, pois é seguro e rende mais que a poupança. Então, para que você possa escolher qual o melhor tipo de investimento, veja a seguir exemplos que mostram quanto renderia R$ 20 mil no Tesouro Direto.

Tesouro Direto Prefixado

Nesse tipo de Tesouro Direto a rentabilidade é anual e em Fevereiro de 2021 essa taxa é de 6,54% de acordo com o site oficial do tesouro direto. Então, esse cálculo é para o “Tesouro direto prefixado 2024” e o seu vencimento é no dia 1 de julho de 2024.

Veja quanto irá render a aplicação de R$ 20 mil:

Esse mesmo valor, no mesmo período aplicado na poupança, renderia R$ 22.396,04. Assim, no Tesouro Prefixado a diferença é de R$ 1.417,94. Por fim, o investimento mínimo nessa categoria é de R$ 32,34.

Tesouro IPCA+

Se o prefixado já tem a sua taxa fixa, o IPCA+ depende desse indexador que é relacionado com a taxa de inflação mais uma taxa fixa. Então, a taxa atual fixa é de 2,67% e para um investimento de R$ 20 mil os resultados seriam os seguintes:

Logo, se a aplicação fosse na poupança para o mesmo período o rendimento bruto seria de R$ 24.400,09. Contudo, a poupança não há taxas então esse seria o valor final, para investir no Tesouro Direto IPCA+ o mínimo é de R$ 59,78.

Tesouro Direto Selic

Por fim, para essa modalidade, rende de acordo com a taxa Selic + uma taxa fixa anual. Assim, a rentabilidade anual é de 0,1548%e o investimento mínimo é de R$ 107,26. Então, para um investimento de R$ 20 mil os números obtidos serial de:

Se esse mesmo valor fosse aplicado na poupança, pelo mesmo período, o valor final seria de R$ 22.550,12.

Por que vale/não vale a pena investir no Tesouro Direto?

Todo investimento vale a pena, diferentemente do que se fazia antigamente de “guardar dinheiro embaixo do colchão”, todo valor aplicado valoriza a moeda e mantém o seu poder de compra.

Então, para se ter certeza se vale ou não a pena investir no Tesouro Direto é necessário realizar uma análise do que realmente você espera, precisa e almeja. Assim, muitas pessoas apenas querem guardar as suas reservas e certamente buscam sempre a maior rentabilidade. 

Não é segredo que o investimento na poupança em 2020/21 não cobre sequer os juros da inflação. Contudo, há diversas opções para que o investimento realmente lhe traga rentabilidade positiva.

No cenário de investimentos do Brasil, encontramos muitas opções, dentre elas mais ou menos rentáveis do que o Tesouro Direto, veja as opções:

Entre essas opções de renda fixa, o Tesouro direto é o mais rentável. Veja um exemplo de comparativo, de quanto renderia R$ 20 mil aplicados no Tesouro Selic, com vencimento para 01/09/2024 e as outras opções de investimento:

(*Valores Brutos sem desconto de taxas quando aplicáveis.)

Com esse exemplo, fica claro que o investimento no Tesouro Direto é mais rentável. Então, se você é um investidor conservador e gosta de segurança para as suas aplicações, vale a pena investir no Tesouro Direto.

Qual a melhor forma de investir R$ 20 mil?

Todo investimento depende principalmente do perfil do investidor e do objetivo. Então, alguns investidores irão preferir investimentos mais seguros e outros irão arriscar mais.

Você deve analisar cada tipo de investimento, a rentabilidade e o prazo para o resgate. Além disso, qual é a sua meta para esse dinheiro que vai investir. Então, para deixar o seu caminho mais claro, veja dicas para escolher a melhor forma de investir R$ 20 mil.

1º- Passo -  Descubra para que preciso investir?

Há muitas opções no mercado e isso acaba por muitas vezes, confundindo investidores que não estão acostumados ao dia a dia dos investimentos. Assim, antes de escolher qual o investimento ideal se pergunte:

2º - Passo - No que investir ( Renda Fixa ou variável)

São diversas as opções para investimento, a renda fixa é mais conservadora e garante um faturamento mínimo, já a variável é mais arriscada porém pode lhe proporcionar mais lucros. Então, veja alguns exemplo que você poderá optar:

3º - Passo - Escolha a sua corretora de confiança

Depois que você descobriu por que motivo você necessita investir é hora de escolher por qual meio você fará isso. Então, são algumas opções que podem lhe ajudar a realizarem as suas aplicações, veja:

Logo após escolher por qual meio irá investir, basta realizar o seu cadastro e transferir o seu dinheiro.

Onde investir R$ 20 mil?

Para saber qual o melhor caminho para investir R$ 20 mil, veja o que cada tipo de investidor representa e qual o investimento ideal para cada perfil.

Investidor conservador

Esse tipo de investidor não busca perder algum valor e não esta disposto a isso. É comum, que nesse perfil de investidor estão os iniciantes, visto que, estão iniciando no mundo das finanças e preferem investir e de forma segura.

Assim, o conservador não irá arriscar nada, muito menos dinheiro e prefere que o rendimento, mesmo que menor, seja garantido. Os investimentos escolhidos para esse tipo de investidor são:

Investidor moderado

Esse tipo de investidor já é diferente do primeiro e aceita assumir algum risco. As perdas são menores e sempre controladas, garantindo assim o seu rendimento. Veja alguns tipos de investimentos para esse perfil.

Já para essas aplicações tudo pode acontecer e a rentabilidade depende de cada tipo de investimento.

Investidor Agressivo

Esse é o investidor que não possui medo em caso de perda, obviamente ele não quer isso.Porém, ele está pronto para correr riscos e também seu objetivo é sempre a rentabilidade. Por fim, os perfis ideia para esse tipo de investidor é o seguinte:

Por fim, você sempre deve avaliar alguns quesitos antes de escolher onde investir R$ 20 mil, como por exemplo:

Assim, você ficará ciente e seguro de quais passos deve ter para fazer o seu investimento valer a pena.

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mercado Financeiro
Economia
Mercado Financeiro
Mercado Financeiro
Veja mais Ver mais