Logo Mais Retorno
Economia

Produção industrial sobe 0,7% em fevereiro e acumula alta de 2,8% em 12 meses, diz IBGE

Segmentos como máquinas e equipamentos, produtos de madeira e minerais não metálicos ajudaram a puxar a alta

Data de publicação:01/04/2022 às 11:46 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A produção industrial subiu 0,7% em fevereiro ante janeiro, na série com ajuste sazonal, divulgou nesta sexta-feira, 1, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio dentro das expectativas dos analistas, que esperavam desde uma queda de 1,6% a alta de 0,9%, com mediana positiva de 0,4%.

Em relação a fevereiro de 2021, a produção caiu 4,3%. Nessa comparação, sem ajuste, as estimativas variavam de um recuo de 6,5% a 3,0%, com mediana negativa de 5,0%. No acumulado do ano, a indústria teve uma queda de 5,8%. Em 12 meses, a produção acumula alta de 2,8%.

Produção industrial sobe 0,7% em fevereiro e acumula alta de 2,8% em 12 meses, diz IBGE
Produção da indústria sobe 0,7% em fevereiro ante janeiro, segundo IBGE. Setor de máquinas e equipamentos ajudou a puxar a alta - Foto: Arquivo

Atividades e segmentos

A indústria brasileira chegou a fevereiro operando 2,6% aquém do patamar de fevereiro de 2020: apenas sete das 26 atividades investigadas se mantêm operando em um nível superior ao pré-crise sanitária.

Em fevereiro de 2022, os níveis mais elevados em relação aos de fevereiro de 2020 foram os registrados pelas atividades de produtos de máquinas e equipamentos (12,0%), produtos de madeira (5,7%), minerais não metálicos (5,5%) e outros equipamentos de transportes (5,1%).

No extremo oposto, os segmentos mais distantes do patamar de pré-pandemia são móveis (-23,0%), couro, artigos de viagem e calçados (-21,1%), veículos automotores (-19,6%) e vestuário (-18,0%).

Entre as categorias de uso, a produção de bens de capital está 6,9% acima do nível de fevereiro de 2020, e a fabricação de bens intermediários está 1,3% acima do pré-covid.

Os bens duráveis estão 26,2% abaixo do pré-pandemia, e os bens semiduráveis e não duráveis estão 5,7% aquém do patamar de fevereiro de 2020. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!