Logo Mais Retorno
Foto: Envato
Economia

Payroll: EUA criam 263 mil vagas de trabalho em setembro; desemprego cai 3,5%

Mercado de trabalho aquecido deve levar o banco central americano a ser mais servero na elevação dos juros americanos

Data de publicação:07/10/2022 às 16:56 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:

Os empregadores dos Estados Unidos contrataram mais trabalhadores do que o esperado em setembro, pelos divulgados do payroll divulgados nesta sexta-feira, enquanto a taxa de desemprego caiu para 3,5%, apontando para um mercado de trabalho apertado que mantém o Federal Reserve em sua agressiva campanha de aperto monetário por um tempo.

Embora o declínio de 0,2 ponto na taxa de desemprego de 3,7% em agosto tenha sido em parte por causa de pessoas deixando a força de trabalho, o relatório de emprego do Departamento do Trabalho na sexta-feira também mostrou menos americanos trabalhando meio período por razões econômicas no mês passado. O mercado de trabalho continua a mostrar resiliência apesar dos fortes aumentos das taxas de juros do Fed.

payroll
Média é de 420 mil novas vagas por mês este ano, mostra payroll - Foto: Envato

"O mercado de trabalho não está apenas rolando, é um rolo compressor virtual que não faz nada para desacelerar a demanda econômica e ajudar o Fed em sua luta contra a inflação", disse Christopher Rupkey, economista-chefe da FWDBONDS em Nova York.

As folhas de pagamento indicaram um aumento de 263 mil novas vagas de emprego no mês passado, após um aumento de 315 mil não revisados ​​em agosto, mostrou a pesquisa de estabelecimentos. O crescimento de empregos foi em média de 420 mil por mês este ano, abaixo da média mensal de 562 mil em 2021.

Economistas consultados pela Reuters previam 250 mil empregos, com estimativas variando de 127 mil a 375 mil. A taxa de desemprego foi projetada inalterada em 3,7%.

O amplo aumento no emprego foi liderado pelo setor de lazer e hospitalidade, onde houve acréscimo de 83 mil vagas. A maior parte dos ganhos foi em restaurantes e bares. Ainda assim, o emprego de lazer e hospitalidade permanece 1,1 milhão de empregos abaixo do nível pré-pandemia.

A área de saúde adicionou 60 mil empregos em setembro, retornando o emprego no setor de volta ao seu nível pré-pandemia. O emprego na indústria de serviços profissionais e empresariais aumentou em 46 mil empregos. A indústria criou 22 mil empregos, enquanto a construção criou 19 mil posições, apesar do mercado imobiliário ter sido prejudicado pelos custos de empréstimos mais elevados.

Também houve ganhos no emprego no comércio atacadista, mas o setor de atividades financeiras eliminou 8 mil empregos. O setor de transporte e armazenagem também perdeu 8 mil empregos.

As bolsas americanas abriram em baixa. O dólar subiu contra uma cesta de moedas. Os preços do Tesouro dos EUA caíram.

O que explica a resiliência do mercado de trabalho

A resiliência do mercado de trabalho foi atribuída à relutância das empresas em demitir trabalhadores após dificuldades de contratação no ano passado, quando a pandemia da covid-19 forçou algumas pessoas a deixar a força de trabalho, em parte devido a doenças prolongadas causadas pelo vírus.

Embora os dados do governo desta semana tenham mostrado que as vagas de emprego caíram 1,1 milhão, o maior declínio desde abril de 2020, para 10,1 milhões no último dia de agosto, ainda há 4 milhões de vagas a mais do que americanos desempregados. Uma pesquisa do Institute for Supply Management na quarta-feira também mostrou que várias indústrias de serviços relataram escassez de mão de obra em setembro.

Mas com os ventos contrários dos custos de empréstimos mais altos e a desaceleração da demanda, os economistas esperam que as empresas recuem significativamente nas contratações, com criação de vagas negativa provavelmente no próximo ano. Economistas dizem que as empresas vêm preenchendo vagas abertas enquanto lutam para expandir o número de funcionários para atender ao aumento da demanda por seus produtos, aumentando os ganhos de empregos.

O banco central dos EUA elevou sua taxa básica de juros de quase zero no início deste ano para a faixa atual de 3,00% a 3,25%, e no mês passado sinalizou que mais grandes aumentos estavam a caminho este ano.

O relatório de preços ao consumidor de setembro na próxima quinta-feira também ajudará os formuladores de políticas a avaliar seu progresso na batalha contra a inflação antes de sua reunião de política monetária de 1 a 2 de novembro.

Os mercados financeiros quase precificaram um quarto aumento de taxa de 75 pontos-base nessa reunião, de acordo com a ferramenta FedWatch da CME.

Payroll mostra 57 mil pessoas saindo da força de trabalho

A pesquisa domiciliar da qual a taxa de desemprego é derivada mostrou que 57 mil pessoas deixaram a força de trabalho no mês passado.

Como resultado, a taxa de participação na força de trabalho, ou a proporção de americanos em idade ativa que têm emprego ou estão procurando por um, caiu de 62,4% para 62,3% em agosto.

O número de pessoas que trabalham meio período por motivos econômicos caiu de 306.000 para 3,8 milhões no mês passado.

Com o mercado de trabalho ainda apertado, os ganhos salariais permaneceram sólidos. O salário médio por hora aumentou 0,3% após um aumento semelhante em agosto. Isso reduziu o aumento anual dos salários para 5,0%, de 5,2% em agosto.

O rastreador de salários do Fed de Atlanta, que controla os efeitos de composição como nível de habilidade, ocupação e geografia, está acima de 6%. A semana de trabalho média permaneceu inalterada em 34,5 horas pelo quarto mês consecutivo. /Agência Reuters

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter

,