Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Mercado ao vivo: acompanhe as movimentações da Bolsa e do dólar nesta quinta-feira, 23 de junho

Cautela com risco fiscal brasileiro segura um bom desempenho da Bolsa

Data de publicação:23/06/2022 às 11:50 -
Atualizado 6 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Em mais um dia que começou marcado pela volatilidade, a Bolsa de Valores aprofundoua queda na parte da tarde desta quinta-feira, 23. Às 16h25, o Ibovespa, principal índice acionário do País, tinha baixa de 1,54%, aos 97.974 pontos, enquanto a moeda americana avançava 1,02%, negociada a R$ 5,23 na venda.

Se por um lado um maior apetite ao risco nos Estados Unidos neste pregão traz mais investidores para as ações brasileiras que estão descontadas, principalmente aquelas de empresas ligadas a varejo, por outro a cautela com o risco fiscal do Brasil e a desvalorização do minério de ferro no exterior contribuem para que companhias com peso importante no Ibovespa vivam um dia de baixas, derrubando a Bolsa.

Bolsa
Sede da B3, a Bolsa de Valores brasileira | Foto: B3/Divulgação

No mesmo horário, a Vale e a Petrobras, empresas com a maior participação na composição do índice, caíam 3,50% e 2,59%, respectivamente. Outras companhias ligadas ao minério de ferro também estão entre as maiores quedas do dia.

No noticiário interno, cabe destacar ainda que o governo estuda criar um auxílio de mil reais mensais para caminhoneiros, uma das principais bases de apoio do presidente Jair Bolsonaro. A medida adiciona cautela ao mercado, visto que eleva os gastos da União e, por isso, aumenta o risco fiscal do País.

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
LocawebLWSA3+5,05%
MéliuzCASH3+4,76%
BRFBRFS3+3,90%
Magazine LuizaMGLU3+3,69%
ViaVIIA3+3,49%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 11h25

Maiores baixas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
GerdauGGBR4-3,05%
EnevaENEV3-2,69%
SLC AgrícolaSLCE3-2,35%
Itaú UnibancoITUB4-2,16%
UsiminasUSIM5-1,99%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 11h25

Mercados internacionais

Nos mercados internacionais, após um pregão de quedas generalizadas com o aumento do receio de que os Estados Unidos estejam entrando em um período de recessão econômica na véspera, os principais índices acionários americanos começaram o dia em alta. No país, o Departamento do Trabalho divulgou números de emprego.

Segundo a instituição, o número de pedidos de auxílio-desemprego teve leve queda de 2 mil na semana encerrada em 18 de junho, a 229 mil. O resultado ficou acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam 225 mil solicitações. O total de pedidos da semana anterior foi levemente revisado para cima, de 229 mil para 231 mil.

Já na Europa, os investidores mantiveram a cautela com o cenário macroeconômico com muitas incertezas. Na zona do euro, o índice de gerentes de compras (PMI) composto, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 54,8 em maio para 51,9 em junho, atingindo o menor nível em 16 meses, segundo dados preliminares divulgados nesta quinta-feira pela S&P Global.

Na Ásia, as bolsas fecharam sem direção única, com as da China e de Hong Kong sustentadas por promessas de mais apoio à economia chinesa e outras pressionadas por crescentes riscos de recessão nos Estados Unidos. Essas preocupações, diante da disparada da inflação no país e da postura mais agressiva do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) no aumento de juros, limitam o apetite por risco na região.

Em testemunho no Senado norte-americano, o presidente do Fed, Jerome Powell, disse na quarta ser possível apertar a política monetária sem causar recessão, mas admitiu a possibilidade de uma contração econômica. Nesta quinta, Powell fala na Câmara dos Representantes.

Desempenho das bolsas americanas

  • Dow Jones: alta de 0,43%
  • S&P 500: alta de 0,49%
  • Nasdaq 100: alta de 0,81%

Dados atualizados às 11h25

Desempenho das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): baixa de 0,88%
  • FTSE 100 (Inglaterra): baixa de 0,79%
  • DAX (Alemanha): baixa de 1,59%
  • CAC 40 (França): baixa de 0,63%

Dados atualizados às 11h24

Fechamento das bolsas asiáticas

  • Xangai Composto (China): alta de 1,62%
  • Shenzhen Composto (China): alta de 2,08%
  • Hang Seng (Hong Kong): alta de 1,26%
  • Nikkei (Japão): alta de 0,08%
  • Kospi (Coréia do Sul): baixa de 1,22%
  • Taiex (Tawian): baixa de 1,12%

Com Agência Estado

Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno