Logo Mais Retorno

Siga nossas redes

  • Instagram Mais Retorno
  • Youtube Mais Retorno
  • Twitter Mais Retorno
  • Facebook Mais Retorno
  • Tiktok Mais Retorno
  • Linkedin Mais Retorno
bce
Outros

Lagarde reforça perspectiva de juros altos e alerta contra previsão otimista na zona do euro

Mercados parecem precificar resultados que podem se provar muito otimistas, diz a dirigente

Data de publicação:14/10/2022 às 16:07 -
Atualizado um ano atrás
Compartilhe:

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, reafirmou o foco da autoridade monetária em controlar a inflação "alta demais" na zona do euro por meio de mais aumentos do juro básico ao longo das "próximas várias reuniões" de política monetária. Segundo ela, os principais riscos inflacionárias apontam para cima e a inflação no bloco deve seguir acima da meta de 2% do BCE por um período extenso.

Adicionando a este quadro a perspectiva de desaceleração do crescimento econômico na zona do euro, Lagarde se mostrou preocupada em relação ao que chamou de precificações que sugerem previsões "muito otimistas" por parte do mercado.

zona do euro
Inflação ainda muito alta na zona do euro vai levar a novas altas dos juros, segundo o BCE -Foto: Reprodução/PixaHive

"Apesar dos ajustes recentes, os mercados financeiros ainda parecem estar precificando resultados que podem se provar muito otimistas. Isso torna as avaliações vulneráveis a uma série de possíveis surpresas negativas, seja de crescimento, inflação, política monetária ou lucratividade corporativa", alertou a banqueira central, em seu discurso na 46ª Reunião do Comitê Monetário e Financeiro Internacional.

Lagarde reforçou que a guerra na Ucrânia é a principal causa para a piora da perspectiva econômica neste segundo semestre, tendência que deve se repetir na primeira metade de 2023.

Quantos aos riscos ao sistema financeiro, ela destacou "níveis baixos de buffers de liquidez" de fundos de investimento aberto, o que representa um "risco significativo de que esses fundos amplifiquem uma correção de mercado por meio de venda forçada" de ativos. /Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados