Economia

O Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) caiu 0,37% em setembro, após ter aumentado 1,18% em agosto, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira, 16. Em 12 meses, a taxa acumulada ficou em 26,8% e em 16,44% no ano.

A queda foi menos intensa do que a mediana negativa de 0,52% das estimativas dos analistas.

Foto: envato
Tarifa de energia elétrica foi um dos setores que pressionou o índice, segundo FGV - Foto: Envato

“Café (13,51%), açúcar (8,75%) e tarifa de energia (3,06%) figuram entre as principais pressões inflacionárias do IPA e do IPC e refletem os efeitos da estiagem sobre os preços dos alimentos e da energia. A taxa negativa registrada pelo IGP tem a ver com o comportamento do preço do minério de ferro, que caiu 22,17%”, afirma André Braz, Coordenador dos Índices de Preços

Quanto aos três indicadores que compõem o IGP-10 de setembro, os preços no atacado medidos pelo IPA-10 tiveram recuo de 0,76%, ante uma alta de 1,29% em agosto, segundo o levantamento da FGV.

O período de coleta de preços para o indicador de setembro foi do dia 11 de agosto a 10 deste mês.

Consumidor

Os preços ao consumidor verificados pelo IPC-10 apresentaram aumento de 0,93% em setembro, após o avanço de 0,88% no mês anterior.

Seis das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação: Educação, Leitura e Recreação (0,51% para 1,34%), Comunicação (-0,13% para 0,12%), Transportes (0,93% para 0,97%), Despesas Diversas (0,10% para 0,29%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,45% para 0,50%) e Vestuário (0,17% para 0,18%).

Construção civil

Já o INCC-10, que mede os preços da construção civil, teve alta de 0,43% em setembro, depois de subir 0,79% em agosto.

Os três grupos componentes do INCC registraram as seguintes variações na passagem de agosto para setembro: Materiais e Equipamentos (1,44% para 0,82%), Serviços (0,77% para 0,49%) e Mão de Obra (0,24% para 0,08%).

Agropecuária e indústria

Os preços agropecuários subiram 2,56% no atacado em setembro, após um avanço de 4,76% em agosto, dentro do Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10), de acordo com os dados da FGV.

Já os preços dos produtos industriais tiveram queda de 2,09% este mês, depois da redução de 0,02% no atacado em agosto. / com Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais