Empresa

O conselho de administração da Hapvida aprovou o pagamento de Juros sobre Capital Próprio (JCP) no valor de R$ 45.724.479,00, correspondente ao valor bruto por ação de R$ 0,0117651047.

Foto: Divulgação
Hapvida distribui R$ 45,7 milhões em JCP para seus acionistas. Pagamento será feito até o dia 22 de outubro - Foto: Hapvida/Divulgação

Segundo comunicado divulgado aos acionistas, os proventos serão pagos até o dia 22 de outubro e está sujeito à incidência de 15% de imposto de renda na fonte, exceto aos acionistas comprovadamente imunes ou isentos.

Os JCP serão distribuídos aos acionistas detentores de ações da companhia na data-base de 27 de setembro de 2021. As ações passarão a ser negociadas como “ex-JCP” a partir de 28 de setembro de 2021.

Lucro trimestral

Apesar da distribuição de lucros de suas ações, a operadora registrou um lucro líquido menos gordo no segundo trimestre deste ano. Segundo balanço divulgado pela companhia, o montante foi de R$ 104,6 milhões, queda de 62,5% ante o mesmo período do ano passado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 291,7 milhões, recuo de 0,52% ante o mesmo intervalo de 2020.

Por outro lado, a receita líquida do Hapvida atingiu R$ 2,402 bilhões no intervalo entre abril e junho, alta anual de 15,7%.

A sinistralidade total atingiu 70,7% no trimestre, representando avanço de 16,2 pontos porcentuais em relação ao período em 2020. A sinistralidade caixa atingiu 66,6%, crescimento de 14,2 pontos porcentuais.

Segundo a companhia, a sinistralidade foi impactada pelo volume de internações causadas pela covid-19; pelo alto número de atendimentos relacionados ao período sazonal de viroses; e pelos custos assistenciais oriundos das empresas recém-adquiridas (Medical, Grupo São José e, nesse trimestre, Promed) que ainda operam em patamares mais elevados de sinistralidade.

O Hapvida encerrou o trimestre com posição de caixa líquido de R$ 4,9 bilhões, com índice dívida financeira líquida/Ebitda de -1,4x, ante -1,1x no mesmo trimestre do ano passado e -0,7x no primeiro trimestre deste ano. / com Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais