Logo Mais Retorno
Empresa

Gol assina acordo com Avolon para incluir 250 aeronaves elétricas em sua malha

Previsão é que as 250 novas aeronaves entre em operação a partir de 2025

Data de publicação:21/09/2021 às 09:52 -
Atualizado 8 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A Gol terá malha de aeronaves elétricas do tipo eVTOL, com previsão de início de operações em meados de 2025. A companhia aérea assinou, em conjunto com o Grupo Comporte, do acionista controlador, protocolo de intenções não-vinculante com a Avolon para aquisição e/ou arrendamento de 250 aeronaves.

Gol passará a ter aeronaves elétricas em sua frota a partir de 2025, segundo a aérea - Foto: Divulgação

"O Grupo Comporte está provendo os recursos requeridos para investimento nesse projeto, que utilizará a expertise em aviação da GOL para desenvolver a malha aérea utilizando as aeronaves VA-X4 eVTOL", conforme o comunicado, citando o modelo criado pela empresa britânica Vertical Aerospace.

O VA-X4 pode transportar até quatro passageiros e um piloto, com alcance de 160 km (100 milhas) e velocidade máxima de 320 km/h (200 mph).

"A aeronave eVTOL também produz 100 vezes menos ruído do que um helicóptero em voo de cruzeiro, e 30 vezes menos nos momentos de decolagem e pouso", diz em nota, destacando a tecnologia de ponta com parceiros e fornecedores renomados, incluindo Honeywell, Microsoft, Rolls-Royce e Solvay.

Para a parceria, será feito estudo de viabilidade, incluindo a certificação da aeronave e análise da infraestrutura necessária para operar essa aeronave com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), e outras autoridades aeronáuticas nacionais e internacionais.

"A Avolon espera concluir o processo de certificação do VA-X4 no Brasil até 2024, com a Companhiainiciando voos comerciais com o eVTOL como parte de sua malha aérea em meados de 2025", conclui. / com Agência Estado

Dívida

No final da semana passada, a Gol informou que concluiu do refinanciamento da dívida da unidade operacional GLA Linhas Aéreas S.A. no valor de R$ 1,2 bilhão com vencimento final em 2024.

O sindicato é formado por bancos locais e a transação está sujeita a aprovações finais e assinatura da documentação.

Esta é a última etapa do programa de liability management - gerenciamento de riscos que visa evitar o descasamento entre ativos e passivos - da Gol que, segundo comunicado, permitirá que a empresa retorne ao seu menor patamar de dívida de curto prazo desde 2014, ficando em cerca de R$ 500 milhões ao final do terceiro trimestre de 2021. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!