Logo Mais Retorno
Bolsa
post

Fundos multimercado: os gigantes em patrimônio não estão entre os mais rentáveis; confira

Entre os 5 maiores, o Ibiuna Hedge é o que proporciona o melhor retorno ao cotista

Data de publicação:04/11/2022 às 05:00 -
Atualizado 24 dias atrás
Compartilhe:

Os fundos multimercado mais cacifados em patrimônio não estão entre os mais rentáveis, de acordo com o levantamento exclusivo da Mais Retorno em sua base de dados. O BB Multimercado LP Juros Moedas FIC FI, com patrimônio de R$ 18,730 bilhões, o maior dessa classe de ativos, acumula rendimento de 9,10% no ano até dia 20 de outubro. É o retorno mais baixo entre os cinco de maior patrimônio, que tem na liderança o Ibiuna Hedge STH FIC FIM, com 19,79%.

Se a comparação for feita com os mais rentáveis entre os 525 fundos que entraram no levantamento, esses 9,10% do BB Juros e Moedas se tornam ainda mais diminutos: o Systematica Blue Trend Advisory FIC FIM IE tem um rendimento de 47,60% no mesmo período. Por sua vez, o campeão de rentabilidade no ano conta com um patrimônio bem mais miúdo, cerca de R$ 249 milhões.

O desempenho dos multimercado em 2022

Os maioresRendimentoOs mais rentáveisRendimento
BB Mult. LP Juros Moedas 9,10%Systematica Blue Trend Adv47,60%
Itaú Seleção Multimulti.13,21%Asa Hedge36,91%
Ibiuna Hedge STH19,78%XP Macro Plus34,82%
Itaú Global Dinâmico13,56%Vitreo Petróleo34,47%
Itaú Mult. Yield Plus10,90%Mar Absoluto33,47%
Fonte: Rastrador de Fundos da Mais Retorno

O maior e mais rentável no ano e em 12 meses

O Ibiuna Hedge STH FIC FIM lidera o ranking de rentabilidade em dois períodos: no ano e em 12 meses. Desde 20 de outubro de 2021 até essa mesma data de 2022, o fundo é o único que rende acima de 20% entre os cinco maiores. O retorno de 21,10% entregue pelo fundo ganha por ampla margem do CDI de 11,29% e do IPCA de 6,71% acumulados no período. 

O Ibiuna conta com patrimônio líquido de R$ 5,425 bilhões e 16.330 cotistas. O fundo macro da Ibiuna Investimentos aloca os recursos da carteira (99,70% ou R$ 5,400 bilhões) em cotas do Ibiuna Hedge ST Master FIM, um fundo master.

A posição da carteira em junho aponta boa parte dos recursos desse fundo espelho (cerca de 50%)  alocada em títulos públicos - Notas do Tesouro Nacional da série B (NTNs-B), indexadas à inflação, e  Notas do Tesouro Nacional da série F (NTNs-F), com juros prefixados.

O espaço restante do portfólio está preenchido por operações compromissadas, investimentos no exterior e outras operações passivas e exigibilidades.

Retorno entre os grandes

O vice-campeão em rendimento nesse time dos fundos de maior patrimônio com melhor retorno no anoé o Itaú Global Dinâmico Multimercado FIC FI, com 13,56%, seguido do Itaú Seleção Multimultimercado FIC FI, com 13,21%, e do Itaú Multimercado Yield Plus FIC FI, com 10,90%.

Viés internacional no BB Juros Moedas

Desde 2021, o BB Multimercado LP Juros Moedas, com maior patrimônio entre os multimercados, passou a mirar mais o mercado internacional. Foi uma forma de atender os investidores insatisfeitos com os juros baixos que acabaram procurando mais risco, em busca de uma rentabilidade mais atraente.

No mercado internacional, o fundo aloca os recursos basicamente em ativos de dois segmentos:  juros e moedas. Na renda fixa doméstica, investe em títulos públicos e em derivativos, atrelados ao DI futuro, em operações que procuram capturar as oportunidades em curva de juros.

Quando o assunto é rentabilidade

O fundo multimercado mais bem posicionado no ranking dos mais rentáveis dessa classe de ativos entrega um retorno equivalente a pouco mais de cinco vezes ao do multimercado de maior patrimônio. O Systematica Blue Trend Advisory FIC FIM IE rende 47,60% no ano, até 20 de outubro. 

O rendimento de todos esses fundos está rodando com bastante folga acima do CDI, o benchmark dessa classe, e da inflação. De janeiro a 20 de outubro, o CDI acumula alta de 9,59% e a inflação pelo IPCA, 4,36%.

O segundo mais rentável do ranking, o ASA Hedge FIC FIM, também o segundo de maior patrimônio entre os mais rentáveis, proporciona um retorno de 36,91% no ano, seguido do XP Macro Plus FIM, o de maior musculatura patrimonial desse grupo, R$ 1,816 bilhão, que rende 34,82%.

A quarta posição do ranking é ocupada pelo Vitreo Petróleo FIM, com patrimônio de R$ 20,434 milhões e 2.566 cotistas, que rende 34,46%, e a quinta pelo Mar Absoluto FIC FIM, com R$ 1,185 bilhão de patrimônio e 2.696 cotistas, que acumula rentabilidade de 33,47%, até 20 de outubro.

Como é a carteira dos mais rentáveis

Systematica Blue Trend Advisory

O fundo investe quase a totalidade dos recursos em cotas de outros fundos que alocam em ativos no mercado internacional. Pela posição de junho deste ano, a fatia investida em cotas de fundos era de 96,26% ou R$ 237,5 milhões.

Asa Hedge

O segundo do ranking, tem parte da carteira alocada em juros americanos, em posição tomada, que aposta na alta das taxas. Outra parcela do portfólio forma posição vendida em ações, que ganha com a baixa, em bolsa americana.

A estratégia prevê uma ação de política monetária mais dura do Fed (Federal Reserve, banco central americano) que jogue os juros para o alto, desacelere a atividade e, em ambiente de risco de recessão, puxe para baixo os múltiplos ou valuations das ações.

O fundo investe ainda em commodities, com posições compradas, principalmente petróleo. Tanto diretamente na comodity como em empresas relacionadas ao petróleo. O alumínio é outra commodity com espaço na carteira do ASA Hedge.

XP Macro

O XP Macro Plus FIC FIM é outro fundo que segue a estratégia ancorada em posições vendidas (aposta na baixa) nas bolsas americanas e tomadas (aposta na alta) majoritariamente em juros americanos.

O fundo está exposto também aos ativos de risco globais e à proteção dos riscos geopolíticos, associados principalmente à guerra na Ucrânia. Ainda no exterior, o fundo voltou a aumentar as posições tomadas em juros americanos de médio prazo.

Vitreo Petróleo

Tem como estratégia a alocação combinada da carteira em ações de empresas do setor de petróleo, ETFs (Exchange Traded Funds) no exterior contratos futuros da commodity.

Mar Absoluto

O Mar Absoluto FIC FIM aloca praticamente a totalidade da carteira em cotas de fundo espelho da gestora, o Mar Absoluto Master FIM – com carteira diversificada de ativos, como ações, operações compromissadas, títulos públicos e investimentos no exterior.

Desempenho em prazo maior

Em prazo mais esticado, desde março de 2021, há uma alteração no ranking, e o Vitreo Petróleo passa a ser o mais rentável, e o Systematica passa para a segunda colocação. O Asa Hedge sai do segundo lugar e vai ocupar o quinto. Mas os 5 mais rentáveis continuam superando os de maior patrimônio.

Todos os 10 fundos superam a inflação do período, mas o BB Multimercado Juros Moeda rende menos que o CDI em 19 meses.

fundos multimercado
Fonte: Comparador de Ativos da Mais Retorno

Setor lidera retiradas, diz Anbima

Apesar da boa performance de vários fundos, a sangria nos multimercado continua. Dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) indicam que os fundos multimercado lideram a retirada líquida na indústria, com saída (diferença entre depósitos e saques) de R$ 79,7 bilhões no ano, até o fim do terceiro trimestre.

Sobre o autor
Tom Morooka
Colaborador do Portal Mais Retorno.

Inscreva-se em nossa newsletter

,