Economia

Nesta quarta-feira, 17, o Fed (Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos), decidiu manter a taxa de juros básica da economia americana no mesmo patamar, entre 0% e 0,25%.

A decisão é assinada pelo comitê de Mercado Aberto (Fomc), que já sinalizou ao mercado que não haverá uma elevação dos juros até 2023, mesmo com o reconhecimento de inflação mais alta e de uma retomada econômica mais forte.

Segundo analistas, Fed deve manter a taxa de juros do país inalterada. Porém, mercado está de olho nas projeções para o futuro

O Fed agora vê o Produto Interno Bruto norte-americano crescendo 6,50% neste ano. A projeção representa uma forte alta no indicador, que era de 4,2% na previsão anterior.

“Após uma moderação no ritmo de recuperação, os indicadores de atividade econômica e de emprego aumentaram recentemente, embora os setores mais afetados pela pandemia continuem fracos. A inflação continua abaixo de 2%”, diz o comunicado do Fomc.

De olho no comportamento dos títulos públicos

As atenções estão voltadas para o que Powell deve sinalizar sobre o comportamento dos Treasuries de 10 anos nas últimas semanas.

Os títulos do Tesouro atualmente estão pagando juros de cerca de 1,60% ao ano, o que pode tirar os holofotes da renda variável, já que os títulos públicos, por serem atrelados ao governo, são ativos considerados mais seguros.

Por outro lado, as projeções sobre a economia para o futuro devem mudar, segundo especialistas, principalmente por conta do pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão aprovado na semana passada, que deve pagar cerca de US$ 1.400 para alguns americanos por conta dos efeitos da pandemia.

Imagem do autor

Editor-chefe do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Mercado Financeiro
Economia
Mercado Financeiro
Economia
Veja mais Ver mais