Logo Mais Retorno
BlackRock
Empresa

Estados republicanos dos EUA sacam US$ 1 bi da BlackRock como boicote a investimentos verdes da gestora

Investidores estão se posicionando contra as políticas da empresa, que favorecem a energia limpa

Data de publicação:11/10/2022 às 05:00 -
Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:

Maior empresa de Wall Street, a BlackRock está se tornando verde demais para alguns investidores americanos. Reportagem do Financial Times aponta que a maior gestora do mundo perdeu mais de US$ 1 bilhão em seu portfólio administrado em estados republicanos dos Estados Unidos.

BlackRock
BlackRock tem a gestão de 5 fundos de investimentos sustentáveis - Foto: Creative Commons

Os investidores, diz a matéria, estariam se posicionando contra as novas políticas da empresa, que favorecem energia limpa em detrimento da originada a partir de combustíveis fósseis.

Estados republicanos que deixam a BlackRock

Em entrevista ao jornal inglês Financial Times, o profissional que atua como o equivalente a tesoureiro do estado da Carolina do Sul, Curtis Loftis, disse que iria sacar US$ 200 milhões da gestora daqui até o final do ano.

Seu colega na Louisiana, chamado John Schroder, informou que estaria retirando US$ 794 milhões (R$ 4,14 bilhões), enquanto em Utah, o saque já chegou a US$ 100 milhões. Quem também já retirou somas da Blackrock foi o tesoureiro do Arkansas: US$ 125 milhões.

Ambos os Estados integram o cinturão republicano nos Estados Unidos.

Segundo a Morningstar, cerca de US$ 1 trilhão estariam hoje aportados em fundos de investimentos sustentáveis pelos Estados Unidos. São atualmente 20 fundos, cinco deles geridos pela BlackRock.

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter