Economia

A Embraer divulgou na manhã desta sexta-feira, 19, que seu prejuízo líquido atribuído aos acionistas foi de R$ 3,6 bilhões em 2020, refletindo o forte impacto negativo da pandemia de covid-19 na aviação comercial. O valor representa um aumento de 174,5% no volume de perdas em relação a 2019, que foram de R$ 1,3 bilhão.

No ano, a receita líquida da empresa foi de R$ 19,64 milhões representando uma queda de 10% em relação ao volume obtido no ano anterior.

 Embraer acumula prejuízo de R$ 3,6 bilhões em 2020
Empresa registra prejuízo no acumulado total de 2020, mas obtém bons números no quarto trimestre do ano

No ano, o Ebitda foi de R$ 437,6 milhões, com 8,0% de margem em relação ao ano anterior.

Quatro trimestre de 2020 com números mais favoráveis

Já nos resultados do quarto trimestre, a Embraer reverteu os números negativos, por conta da retomada das entregas das aeronaves, impacto positivo do câmbio nas receitas e baixa de ativos.

Nos meses de outubro a dezembro de 2020, sua receita líquida atingiu R$ 9,81 milhões no período, aumento de 14% ante os quatro últimos meses de 2019.

No período, o Ebitda contabilizado foi de R$ 406,8 milhões, com margem de 4,1% sobre o mesmo período de 2019.

Devido à incerteza relacionada à pandemia da Covid-19 e seus impactos na indústria, a companhia não publicou suas estimativas financeiras e de entregas para 2021.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Economia
Empresa
Economia