Empresa

O BTG Pactual registrou lucro líquido de R$ 1,176 bilhão no primeiro trimestre de 2021, 53% superior ao observado no mesmo intervalo de 2020, que foi de R$ 768 milhões e 4,3% abaixo dos R$ 1,229 bilhão do quatro trimestre. Ante o terceiro trimestre do ano o lucro cresceu 22,65%.

Pelo critério ajustado, o lucro foi de R$ 1,197 bilhão, alta de 55,8% na base anual e 4,85% abaixo do período imediatamente anterior.

Foto: BTG Pactual/Reprodução
Fachada do BTG Pactual em São Paulo - Foto: BTG Pactual/Reprodução

As receitas totais alcançaram R$ 2,786 bilhões no primeiro trimestre de 2021, crescimento de 84% sobre igual período do ano anterior e 2% abaixo do quarto trimestre.

"Tivemos mais um trimestre forte, registrando resultados sólidos e elevado crescimento em todas as linhas de negócio. Continuamos desenvolvendo nossa agenda de aquisições estratégicas para expandir a nossa presença no varejo, oferecer mais produtos e o melhor serviço aos nossos clientes" afirma o diretor-presidente do BTG Pactual, Roberto Sallouti, em release divulgado para a imprensa.

"Seguimos fortalecendo nossas iniciativas ESG e de investimentos de impacto, reafirmando nosso compromisso com a sociedade e com nossos colaboradores", complementou Sallouti.

Ativos e patrimônio

Os ativos totais cresceram 39,6% no primeiro trimestre frente ao mesmo período de 2020, para R$ 279,8 bilhões, enquanto os ativos sob gestão aumentaram 78,7% no mesmo intervalo comparativo, para R$ 767,43 bilhões. Frente ao quarto trimestre, os ativos totais subiram 14,5%; os ativos sob gestão, por sua vez, subiram 20,75% ante o mesmo período comparativo.

O retorno anualizado sobre o patrimônio líquido (ROAE) cresceu 2,3 pontos base no primeiro trimestre passado frente ao mesmo período de 2020, em 16,8%, mas caiu 2,3 pontos-base em relação ao patamar de 19,1% registrado no quarto trimestre.

O patrimônio líquido do BTG estava em R$ 30,4 bilhões no primeiro trimestre de 2021, expansão de 38% na relação anual e de 14% em relação aos três meses prévios.

O índice de Basileia no primeiro trimestre foi de 17,7%, ante 19,4% um ano antes e 16,7% no quarto trimestre. / com Agência Estado

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais