Logo Mais Retorno
selic
Economia

Boletim Focus: projeções para a inflação de 2021 caem e expectativas para o PIB também são reduzidas

Expectativas são reduzidas na véspera da divulgação do IPCA de dezembro

Data de publicação:10/01/2022 às 09:58 -
Atualizado um ano atrás
Compartilhe:

Na véspera da divulgação dos dados de inflação do último mês de 2021, as projeções apresentadas pelo Boletim Focus - relatório semanal do Banco Central (BC) que reúne as estimativas de dezenas de economistas do mercado - para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado em 12 meses nesta segunda-feira, 10, caiu de 10,01% para 9,99%. Há quatro semanas, a mediana das expectativas dos especialistas para o IPCA de 2021 era de 10,03%.

Também chama a atenção no relatório desta semana a nova redução nas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2022. Os economistas ouvidos pelo BC esperam que o indicador que reflete o crescimento da economia do País feche o ano com leve alta de 0,28%, taxa ainda menos expressiva do que a projetada na última semana, de 0,36%. Há um mês, as expectativas eram de crescimento de 0,50%.

PIB brasileiro no Boletim Focus
Imagem: Shutterstock

Para 2023, também houve redução nas estimativas dos economistas para o crescimento econômico brasileiro. As projeções para o PIB do próximo ano caíram de 1,90% há quatro semanas para 1,80% na semana passada e, finalmente, 1,70% nesta semana. Reflexo de uma inflação ainda muito acima do teto da meta e da percepção de que o BC pode elevar ainda mais as taxas de juros para conter a pressão inflacionária.

Projeções para a inflação do Boletim Focus

Apesar da queda nas projeções em relação ao ano passado, para 2022 as estimativas para o IPCA se mantiveram em 5,03%, patamar acima do teto da meta de inflação do BC para o ano, de 5,00%. No relatório divulgado há um mês, os economistas esperavam que a inflação neste ano fosse de 5,02%.

De acordo com o Boletim Focus, o cenário inflacionário no Brasil deve melhorar e caminhar para mais próximo da meta do BC apenas em 2023. As projeções apontam que o IPCA nesse ano será de 3,36%, ante as expectativas de 3,41% há uma semana e de 3,46% há um mês. Vale lembrar que, para 2023, a meta de inflação do BC é de 3,25%.

Selic deve fechar 2022 em 11,75% ao ano

Com uma inflação ainda acima do teto da meta, além das influência externas como o ciclo de aperto monetário que deve ser iniciado em breve nos Estados Unidos, os economistas ouvidos pelo BC para o Boletim Focus elevaram suas projeções para a Selic, taxa básica de juros, de 11,50% ao ano na semana passada para 11,75% ao ano na edição desta segunda-feira do relatório.

As expectativas para a taxa nos próximos dois anos permaneceu a mesma da última semana: 8,00% ao ano em 2023 e 7,00% ao ano em 2024. Embora não haja mudança nas estimativas até aqui, a Selic nesses patamares permanece acima do chamado nível neutro pelo mercado, de 6,5% ao ano.

Sobre o autor
Bruna Miato
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados