Logo Mais Retorno
ETFs
Fundos de Investimentos

BlackRock e B3 lançam no País seis ETFs estrangeiros com foco em megatendências

São 800 mil investidores nesses ativos no País, e iniciativa procura atender maior demanda por diversificação

Data de publicação:12/01/2023 às 08:00 -
Atualizado 15 dias atrás
Compartilhe:

De olho em um mercado crescente que já tem no Brasil 800 mil investidores, a B3 lança junto com a BlackRock - a maior gestora do mundo - seis novos ETFs, como são chamados os fundos de índice, com foco em megatendências de negócios, como cibersegurança, veículos autônomos e Inteligência Artificial (A.I.).

Os novos ETFs já são listados pela BlackRock nos Estados Unidos. Serão comercializados aqui no Brasil via BDRs (Certificado de Depósito de Valores Mobiliários, em português), que permite aos investidores brasileiros acesso a ativos do exterior.

BDRs de ETFs da B3
ETFs são voltados para a inovação em tecnologia, saúde, Intelegência Artificial, entre outros

Segundo a BlackRock, em nota, os novos produtos são “oportunidades que podem ajudar a capturar inovação nos portfólios de investimentos em temas que moldarão o futuro”.

Os novos produtos estão disponíveis na Bolsa brasileira via BDRs lastreados em ETFs iShares de renda variável listados em bolsas norte-americanas. Confira os novos BDRs de ETFs na tabela a seguir:

AtivoTickerSetor
iShares U.S. Infrastructure ETFBIFR39Infraestrutura
iShares Cybersecurity and Tech ETFBIHA39Cibersegurança
iShares MSCI China A ETFBCNY39Empresas chinesas
iShares Self-Driving EV and Tech ETFBIDR39Veículos autônomos

iShares Genomics Immunology

and Healthcare ETF

BIDN39Saúde

iShares Robotics and Artificial

Intelligence Multisector ETF

BIRB39

Robótica e

Inteligência Artificial

Novos ativos na B3

Karina Saade, presidente da BlackRock no Brasil, afirma que os novos BDRs de ETFs trazem temas intuitivos para o investidor de varejo, que pode aproveitar as oportunidades independentemente do cenário macroeconômico. 

Rogério Santana, diretor de relacionamento com clientes da B3, destaca ainda que o investidor “tem mostrado apetite para a diversificação e é fundamental que ele tenha à disposição produtos que o permitam exposição aos mais diferentes mercados”.

26 novos ETFs em 2022


No ano passado, o segmento de ETFs registrou um avanço tanto em oferta, quanto em procura.

Segundo dados compilados pela Mais Retorno, 26 novos fundos de índices foram lançados no ano, elevando a lista de produtos ativos para 270, sendo 80 deles de renda variável, registrados na B3.

O número de investidores também registrou um salto. Saiu de 657 mil ao final de 2021 para mais de 800 mil aplicadores em dezembro de 2022, de acordo com a plataforma ETFs Brasil.

Thiago Beretta, responsável por ETFs na HMC ITJ, operação brasileira da HMC Capital, destaca que a maior disseminação de informação sobre esse ativo entre os investidores brasileiros foi um dos pontos-chave para que novos produtos pudessem surgir no setor.

Para ele, “independente dos retornos em 2022, a elevação no número de investidores que estão usando ETFs para compor sua carteira de investimentos mostra que esse instrumento conseguiu se destacar apesar de toda volatilidade observada no mercado local ao longo do ano”.

De acordo com a plataforma ETFs Brasil, o número de investidores em ETFs saltou de 657 mil ao final de 2021 para mais de 800 mil em 2022. Beretta também destacou que o aumento expressivo indica que os brasileiros estão entendendo as vantagens e benefícios de utilizar ETFs na construção do porfólio.

Dentre as qualidades deste tipo de investimento, ele cita a maior eficiência de custos, a transparência e a exposição pura e sistemática aos mercados nos quais se deseja investir.

Cauê Mançanares, CEO da Investo, destacou que na renda variável, os investidores que viram suas posições em empresas individuais sofrerem muito, acabaram migrando para os ETFs como uma forma de proteger seu investimento de grandes volatilidades, sem perder exposição aos mercados que têm potencial de longo prazo. 

Sobre o autor
Renato Jakitas
Editor-chefe do Portal Mais Retorno.

Inscreva-se em nossa newsletter