Open Nav

Viés de limitação

O que é o viés de limitação?

Viés de limitação é o nome à tendência mental que todos nós, seres humanos, possuímos de superestimar a nossa capacidade de controlar os nossos comportamentos impulsivos. Isto é, atribuir um maior autocontrole ao nosso eu futuro do que ele verdadeiramente detém, em especial diante de obsessões já engatilhadas. 

É o caso, por exemplo, de dois amigos: um é alcoólatra e o outro nunca bebeu uma gota sequer de álcool. 

Pesquisas indicam que é possível que, quando perguntados separadamente acerca de qual é a probabilidade de se descontrolarem após beber uma taça de vinho (tomando, assim, as seguintes), o primeiro indique uma chance menor para si do que faz o segundo. Em especial, se ele estiver não apenas conversando com pesquisadores, mas debatendo consigo mesmo na porta de um bar.

Por que isso acontece? De forma simplória, podemos dizer que existem três personagens dentro do seu cérebro. O primeiro é um farreador que adora gratificações imediatas (de sorvete antes do jantar a compras no shopping).

O segundo é um planejador que está sempre de olho no futuro (desde os seus exames de sangue alterados à fatura do cartão de crédito). O terceiro, por fim, é uma espécie de juiz, que define qual deles ganha a discussão e controla o seu comportamento. 

O grande problema é que, geralmente, o primeiro personagem conta com um megafone gigante e fica gritando na orelha do seu juiz, enquanto o outro tenta, mas não consegue ser ouvido. Para não deixá-lo triste, o juiz o convence de que "é só uma taça de vinho e a gente vai embora" (ou "é só uma colherada de sorvete", "é só um sapato novo" etc.). É óbvio que é mentira, mas como faz sentido, ambos acreditam nessa história.

É nesse momento, em que o juiz se julga capaz de controlar o farreador e mente descaradamente para o planejador (e para si mesmo) que o viés de limitação se apresenta. 

Esse é, inclusive, um dos mecanismos do cérebro para evitar o desconforto da dissonância cognitiva. Isto é, o desconforto de não haver uma coerência entre as suas ações, as suas crenças, as suas palavras e o mundo ao seu redor.

Voltando ao exemplo inicial, o desconforto de saber que beber é prejudicial para a sua saúde, além de se ter uma dificuldade enorme em parar uma vez que tenha começado, e se encontrar no bar bebendo. A história que ele conta para se confortar, então, é justamente essa, de que "é só uma tacinha".

Afinal, se é só uma tacinha, ele não precisa se preocupar tanto. Você consegue! (Ele pensa isso até que esteja descontrolado o suficiente para parar de questionar).


Como o viés de limitação afeta as suas finanças?

Pessoas compulsivas por compras são as principais afetadas pelo viés de limitação. Elas passam por todas as fases da discussão interna e também contam com aqueles três personagens. 

  • "É só mais um sapato e esse mês eu paro de comprar"
  • "Eu só vou dar uma volta no shopping."; 
  • "Estou levando o meu cartão de crédito por pura precaução. Vai que acontece uma emergência, né?".  

A lista de historinhas do juiz para o planejador é enorme - e dá-lhe lacuna de empatia para reforçar!

Porém, muito se engana quem acredita que apenas as pessoas patologicamente consumistas estão suscetíveis a esse tipo de viés.

Sentimos te contar, mas se você já foi na pizzaria "apenas para comer um negocinho" e acabou gastando R$100,00 é bem provável que estivesse sob o efeito do viés de limitação. O mesmo se dá para salões de beleza, lojas de decoração, papelarias etc. 

Todas as pessoas têm um ponto fraco quando se trata de compras. O que as pessoas bem sucedidas fazem é reconhecê-los e traçar estratégias que nunca subestimem o seu pequeno "vício". Em outras palavras, naquele cérebro, o juiz sabe muito bem quem é que manda.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados