Open Nav Logo Mais Retorno

Selic Meta

O que é Selic Meta?

A Selic Meta é a taxa básica de juros brasileira definida pelo COPOM a cada 45 dias como um dos principais instrumentos de condução da política monetária.

Antes de entrar mais profundamente na Selic Meta, um pouco de contexto:

Entre os grandes fatores desestruturadores de uma sociedade (desconsiderando as guerras, a corrupção em larga escala e as epidemias) está o descontrole geral de preços (inflação). Por conta disso, dentre os instrumentos de política monetária disponíveis, encontra-se o regime de metas de inflação.

Excluindo-se o Fed (banco central norte-americano), que possui um duplo mandato de estabilidade de preços e pleno emprego, é por meio desse mecanismo que os períodos de crescimento e desaceleração, comuns aos ciclos econômicos, são amenizados em grande parte do mundo.


O que faz da Selic Meta a principal taxa de juros do país?

 

O ambiente de estabilidade de preços só funciona quando os agentes econômicos acreditam nele. Dito isso, mais importante do que assegurá-lo no momento presente, é dar uma certa segurança de que ele assim permanecerá no futuro.

O COPOM

A reunião conduzida periodicamente pelo Banco Central (BC) tem por finalidade avaliar os dados econômicos coletados e, em função deles, fazer os ajustes necessários.

Isso quer dizer elevar ou reduzir a Selic Meta, quando não considerada a hipótese de mantê-la (comum quando o BC não possui informações suficientes sobre o impacto de novos desdobramentos na economia).

O Sistema Selic

A forma como a decisão do BC é transmitida para o mercado é via a operação de empréstimo mais básica do Sistema Financeiro Nacional, conduzida no sistema de negociação de títulos públicos.

Como os bancos conseguem suprir as suas necessidades diárias de crédito, tomando empréstimos de 1 dia no sistema administrado pelo BC, a taxa dessas operações (taxa média) é a mais próxima possível da Selic Meta.

O custo do dinheiro

Tendo o banco o seu custo de captação definido, ele vai incorporar:

  • Os seus custos administrativos;
  • Os impostos e os encargos do setor financeiro;
  • A sua margem de lucro (definida em função das características do produto).

Antes de embutir a taxa de risco do tomador, formando o “preço do dinheiro”.

Por que a inflação não reage à Selic Meta em patamar tão baixo?

Apesar da taxa extremamente baixa, alguns fatores ajudam a explicar porque a inflação permanece abaixo da meta:

  • Inércia: fenômeno em que a inflação apurada no passado influencia os preços. Como um IPCA abaixo da meta tem sido observado desde 2017, estabeleceu-se um “padrão” para o nível de preços;
  • Expectativas de inflação: o padrão citado no item anterior é incorporado às expectativas, de forma que a inflação futura também permanece baixa;
  • Capacidade ociosa: quando disseminada na economia, não gera pressões inflacionárias.

Qual a relação entre o câmbio e a Selic Meta?

Bens e serviços cujos preços são administrados acompanham as mudanças no câmbio. Inevitavelmente, eles envolvem produtos indispensáveis à economia, como combustíveis e serviços públicos. Assim, são repassados ao longo da cadeia produtiva conforme tarifas, fretes e aluguéis são incorporados aos preços.

Os agentes financeiros, cientes dessa dinâmica, ajustam os juros de mercado para cima, antecipando-se à conduta esperada do BC de elevar a Selic Meta (expectativas racionais) quando ele começar a capturar esses aumentos de preços nos indicadores que monitora.

Por que os economistas afirmam que a Selic Meta baixa veio para ficar?

Apesar do Brasil ter um BC habilidoso, houve um outro componente, igualmente importante: no passado, independentemente da política monetária adotada, a política fiscal permitia gastos, a cada ano, 6% acima da inflação.

Recentemente impossibilitado de aumentar impostos ou de continuar gastando, o governo se viu forçado a suspender essa prática. Como consequência, houve uma brutal redução no crescimento econômico que, ao mesmo tempo, levou à queda mais permanente da inflação.

Por mais que o país esteja sendo impactado pela redução do comércio global, o fato é que a redução de gastos do governo trouxe mais segurança ao regime de metas.

 

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados