Ganho fácil, sem muito trabalho, trazer o máximo de amigos para participar do “negócio”, carrões de luxo no “local de trabalho”, palestras motivacionais dizendo que você pode ganhar milhões.

Bom, parece muito sedutor, mas você já pode ter visto alguém que entrou em um esquema assim (e, eventualmente te chamou também), se deu bem no começo e viu seu dinheiro se perder no final.

O que descrevi acima é típico de um esquema pirâmide financeira.

É preciso tomar sempre muito cuidado com esse tipo de proposta tentadora, pode ela pode te dar muito prejuízo.

Para se ter uma ideia, um dos esquemas mais conhecidos no mundo, resultou em perdas de US$ 65 milhões. Talvez você já tenha ouvido falar do famoso caso de Madoff.

Como aqui no Mais Retorno nós não queremos que você seja uma próxima vítima de um golpe desse tipo, no texto de hoje falaremos tudo sobre o funcionamento das Pirâmides Financeiras e como você pode se proteger delas.

Por isso, continue lendo para saber mais sobre:

  1. O que é Pirâmide financeira
  2. Parâmetros que os investimentos devem possuir
  3. Cuidados a serem tomados

O que é Pirâmide Financeira

O que é pirâmide financeira

A pirâmide financeira tem o nome intuitivo na medida que, como você vai entender ao final desse tópico, a grande base sustenta o pico fino, exatamente como uma pirâmide.

O funcionamento se dá pelo recrutamento progressivo de pessoas ao “modelo de negócio”. É sempre cobrado uma taxa de entrada e é exatamente isso que sustenta o esquema.

Imagine que eu tenho uma ideia maravilhosa e descubro um produto de emagrecimento com células troncos, tudo muito revolucionário. E vendo essa ideia para um amigo dizendo que ele será meu agente de vendas e para isso terá que recrutar outros amigos para fazerem o mesmo.

É claro, para entrar em um negócio maravilhoso desses, é preciso adquirir um pacote inaugural com determinado valor. Mais do que isso, eu digo que existe um compartilhamento nos ganhos de cada um, ou seja, o valor arrecadado de cada camada que for sendo recrutada é dividido com as camadas superiores.

Dessa forma, quanto mais gente for recrutada, maior serão os ganhos dos níveis acima dessas pessoas (os que as recrutaram as primeiras pessoas, os que recrutaram a segunda camada e assim sucessivamente).

Eu vou estar muito agradecido com cada vez mais pessoas participando da ideia do meu revolucionário produto de emagrecimento com células troco.

Mas uma coisa que aprendi em economia foi que o valor de qualquer coisa é mensurado pela sua utilidade. No meu exemplo, o que eu vendi foi apenas uma ideia revolucionária, não necessariamente um produto testado no mercado, que tem utilidade.

Ora, sendo um produto sem utilidade comprovada, uma hora irão questionar: “Mas esse produto emagrece mesmo?”

É aí que o benefício final não é percebido e todo esquema desmorona.

O dinheiro simplesmente percorre a cadeia, e somente eu, como idealizador da fraude (por favor, é apenas um exemplo hipotético, jamais faria algo do tipo) e algumas poucas pessoas dos níveis superiores ganhariam trapaceando os seus seguidores.

Quanto mais na base, mais prejudicada a pessoa será. Aquelas pessoas que entram no esquema mas não recrutam ninguém apenas perdem.

Ou seja, o esquema chega em um nível de saturação que os níveis inferiores da pirâmide não conseguem financiar todos os membros.

Eu descrevi como funciona o esquema e é claro que quem está disposto a realiza-lo, o conhece.

Assim, esses idealizadores de fraude disfarçam o esquema com outros nomes (marketing multinível, por exemplo), colocam produtos para serem adquiridos e dizem que como existe um produto, não é pirâmide. Mas o básico está lá: recrutar pessoas e pagar para entrar.

Além disso, não é incomum ver nesses esquemas palestras de pessoas bem-sucedidas com esse “negócio”, carrões na porta para impressionar, fotos em lugares paradisíacos, etc.

Um negócio que dependa sempre do recrutamento de novos membros em camadas inferiores para se sustentar é matematicamente inviável.

Afinal se esse negócio começar com apenas 1 pessoa e cada novo membro tiver que recrutar mais outros 2, então na 33ª camada essa empresa já teria que recrutar mais gente que existe na população mundial (ou cerca de 8,5 bilhões de pessoas para ser mais exato).

Investir é ótimo, mas com consciência!

Como saber o que os investimentos devem respeitar para serem realistas, então?

Parâmetros que os investimentos devem possuir

Parâmetros que um investimento deve possuir

Investimento baixo com lucros extraordinários sempre saltam aos olhos. Se não tiver risco então, onde eu assino???

Mas, como Milton Friedman (economista americano ganhador do Nobel e fundador da proeminente escola de Chicago) diz, não existe almoço grátis. Ou seja, tudo que é fácil demais deve ser visto com cuidado.

Um investimento deve respeitar sempre um tripé: Retorno, Risco e Liquidez.

Como já falamos em outras oportunidades, o retorno é proporcional ao risco. A relação exponencial é: quanto maior o retorno, maior ainda será o risco do investimento.

Insiro ainda nessa relação um terceiro componente: a liquidez.

Liquidez nada mais é do que a capacidade embolsar o investimento, liquidar sua aplicação. A liquidez é proporcional ao número de participantes do mercado.

Se existem muitas pessoas participando, mais fácil será de comprar/vender aquele investimento. Imagine o quão liquido são as ações da Petrobrás, por exemplo.

A liquidez entra na relação risco retorno sendo entendida como um tipo de risco. Quanto menor a liquidez, pior é.

Assim, se um investimento tem retorno alto e risco baixo, sua liquidez, provavelmente será muito baixa. E, portanto, mesmo que a relação seja favorável, de nada irá adiantar se você não conseguir colocar o dinheiro no bolso.

Dessa forma, um investimento, em geral, sempre deve ter essas contraposições: risco baixo com alta liquidez resulta em rendimento baixo; retorno alto com alta liquidez tem um risco alto; retorno alto com risco baixo deve ter uma liquidez baixa.

Cito sempre esse tripé pois algo que fuja muito disso tem indícios fortes de ser uma fraude. Assim como é o caso da pirâmide. Um retorno magnifico com baixo risco e liquidez elevada.

A pirâmide não respeita esse tripé básico. Por isso é uma fraude.

No caso da pirâmide, podemos olhar outras coisas para identifica-la.

Antes disso, se inscreva abaixo para receber mais conteúdos como esse e saber como evitar golpes e fraudes financeiras no mercado:

Cuidados a serem tomados

Cuidados a serem tomados

O caso da pirâmide é ilustrativo para abordarmos o tripé Risco x Retorno x Liquidez. Isso é válido para qualquer tipo de investimento e deve sempre ser observado.

No caso da pirâmide, ainda podemos olhar outras coisas para identificar esse golpe.

Primeiro desconfie sempre do regime de trabalho. A pirâmide não oferece nenhum vínculo com a empresa, seja trabalhista, sociedade ou como autônomo.

Nesse ponto, aproveite e investigue a empresa. CNPJ, aprovação na CVM, banco central, boas corretoras e bancos. Verifique com o seu agente de investimentos as informações.

Bato de novo na tecla: desconfie de ganhos fáceis.

Retornos elevados e de baixo risco são sempre suspeitos. Não decida na euforia de promessas magníficas, tenha sempre em mente seus desejos. Pense no seu dinheiro suado que poderia perder.

Não hesite em perguntar. Sempre digo que a informação é a coisa mais valiosa para uma tomada de decisão. Quanto mais informação tiver, melhor será o cenário analisado e a decisão tomada.

Além disso, negócios fraudulentos costumam omitir informações. Aí mais um indício a se monitorar. Se estão negando informação, boa coisa pode não ser.

E sempre tenha a documentação de qualquer negócio que fizer. Seja com o banco mais sólido do mundo. Ter os documentos de todo o processo nunca é demais caso seja necessário no futuro.

Conclusão

Pirâmides financeiras são sedutoras pois prometem ganhos extraordinários com pouco investimento. Sendo assim, não respeitam conceitos básicos de um investimento como Risco x Retorno x Liquidez.

São fraudes que causam prejuízos muitas vezes milionários e até destroem a vida de famílias inteiras. Pior do que perder dinheiro por se investir em uma ação que caiu é perder dinheiro por algo fraudulento.

Seja um investidor consciente. Busque sempre o melhor e proteja seu dinheiro, mas tenha noção que fraudes existem e devem ser evitadas.

Ninguém compartilha uma ideia milionária simplesmente por compartilhar. E se algo fosse muito mais rentável e garantido que qualquer outra atividade da economia, ninguém faria mais nada que não fosse essa coisa.

Se ficou com alguma dúvida adicional ou quer contribuir mais com o assunto, comente abaixo!

Compartilhe esse conteúdo com mais investidores que você deseja ajudar a conquistar Mais Retorno se protegendo contra investimentos fraudulentos:

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais:

O que é Pirâmide Financeira e como me proteger de fraudes
4.1 (82.22%) 9 votos