Logo Mais Retorno
Economia

Vendas no varejo dos EUA sobem 1,7% em outubro ante setembro

O índice de confiança das construtoras nos EUA também subiu na última medição

Data de publicação:16/11/2021 às 13:10 -
Atualizado 9 meses atrás
Compartilhe:

As vendas no varejo dos Estados Unidos cresceram 1,7% em outubro ante setembro, para US$ 638,2 bilhões, segundo dados com ajustes sazonais divulgados nesta terça-feira, 16, pelo Departamento do Comércio. O resultado veio acima da previsão dos analistas consultados pelo Wall Street Journal, que era de um avanço de 1,5% no período.

Foto: Envato vendas no varejo
Vendas no varejo sobem nos EUA | Foto: Envato

Excluindo-se automóveis, as vendas no setor varejista americano também tiveram expansão de 1,7% no confronto mensal de outubro. Neste caso, a projeção era de acréscimo de 1,0%.

Já os dados de setembro ante agosto foram revisados. No caso das vendas totais, a alta passou de 0,7% para 0,8%. Em relação ao resultado sem automóveis, o crescimento passou de 0,8% para 0,7%.

Índice de confiança das construtoras

O índice de confiança das construtoras dos Estados Unidos, medido pela Associação Nacional de Construtoras, avançou três pontos em novembro, a 83. É a terceira alta mensal consecutiva. A previsão de analistas consultados pelo Wall Street Journal era de estabilidade do indicador no período.

O relatório mostra que os baixos estoques existentes e a forte demanda dos compradores ajudaram a aumentar a confiança do construtor mesmo com os desafios do lado da oferta - incluindo gargalos de material de construção e escassez de lotes e mão de obra -, que persistem. / Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!