Empresa

O Spotify é uma empresa de streaming de músicas e podcasts com sede em Estocolmo, na Suécia. Em formato de aplicativo, qualquer pessoa que possuir um smartphone pode baixar o app que disponibiliza milhares de conteúdos diariamente. 

Está presente na Bolsa de Valores de Nova York desde o início de 2018 e, de lá pra cá, atrai novos investidores a cada dia que passa. Com o código SPOT, a empresa é observada diariamente por inúmeros analistas que tentam avaliar se esta é mesmo uma boa oportunidade de negócios. 

E aí, será que vale a pena investir no Spotify? É o que você vai descobrir no conteúdo de hoje.

O que é o Spotify?

Spotify é o nome dado à empresa responsável por um dos streamings de músicas e conteúdos mais conhecidos do planeta. Lançado em outubro de 2008, é atualmente a marca mais lembrada quando o assunto é app de músicas e podcasts.

Através do seu aplicativo, que pode ser baixado na maioria dos smartphones, smart TV ou tablets, são fornecidos diversos conteúdos exclusivos que podem ser consumidos de duas formas: 

  1. Na versão gratuita do aplicativo, com algumas limitações; ou 
  2. Na versão premium, que oferece diversas vantagens ao consumidor.

Todos os recursos básicos da plataforma estão disponíveis na versão gratuita. No entanto, esta envolve também serviços de publicidade e limitações da usabilidade do app. Por outro lado, o serviço premium oferece uma versão ilimitada e sem anúncios.

Dentre as vantagens da versão paga, está o download de músicas e podcasts, criação de playlists ilimitadas e a não interrupção do streaming por publicidades indesejadas. 

O aplicativo pode ser encontrado para baixar na maioria dos sistemas operacionais, como Windows, macOS e Linux, se tratando de computadores; e iOS, Windows Phone e Android, se tratando dos smartphones.

Após o download, o usuário terá à sua disposição milhões de conteúdos que poderão ser pesquisados por palavras-chave referentes ao artista, nome da banda, gênero musical, nome da playlist, nome de usuário, gravadora, título de podcast, e muito mais.

Atualmente, o serviço conta com mais 345 milhões de perfis ativos de acordo com dados emitidos pela empresa no final de 2020. Destes, 155 milhões são assinantes da versão premium (44,92%), enquanto 199 milhões utilizam a versão gratuita (55,07%). 

Como funciona o Spotify?

Considerado o streaming de áudios mais lembrado do mundo inteiro, o Spotify permite aos usuários ouvir músicas e podcasts exclusivos sem precisar pagar royalties aos artistas, já que estes são pagos pela própria plataforma.

O valor recebido por cada músico, gravadora ou empresa de podcasts irá variar de acordo com diversos fatores. Dentre eles, está a quantidade de vezes que um mesmo conteúdo for ouvido pelos usuários ou o total de conteúdos ouvidos dentro de certo período de tempo.

Para os usuários aproveitarem o aplicativo, é muito simples. Basta ter um smartphone ou semelhante e um acesso à internet. Mesmo que os usuários premium possam baixar as músicas para ouvir offline, esta ação deverá ser feita primeiramente com o auxílio da internet.

Por possuir duas versões, uma paga e a outra gratuita, o serviço é considerado bem democrático por parte dos usuários. A principal diferença entre as duas versões é a ausência de anúncios que interrompem a programação musical.

Dentro da versão paga, as publicidades não existem, além de você poder baixar as músicas para o aparelho e ouvir sem se preocupar com a conexão de internet. No entanto, mesmo na versão gratuita, é possível ouvir músicas, pesquisar playlists, conhecer novas modalidades, entre outras opções.

Como investir no Spotify?

O Spotify é uma empresa internacional, com sede em Estocolmo, na Suécia. Por este motivo, seu faturamento é em euros, mas suas ações podem ser compradas em dólares já que a empresa está disponível na Bolsa de Valores de Nova Iorque. 

No entanto, como será um investimento internacional, é preciso que você siga alguns passos bem importantes no momento de investir. Veja quais são eles: 

  1. Defina o seu perfil de investidor

Antes de realizar qualquer tipo de investimento, você deve analisar se o ativo tem a ver com o seu perfil de investidor. Se ele faz sentido para a sua carteira de investimentos.

Para isso, lembre-se de observar sua habilidade para enfrentar os riscos da bolsa de valores. Um perfil conservador é menos apto ao risco, e portanto deve optar por ativos de renda fixa.

Já o perfil arrojado possui mais aptidão ao risco, então pode optar por ativos mais diferenciados, que possam trazer mais lucros mas que também possuem mais riscos.

O Spotify é uma ação que está disponível na Bolsa de Nova Iorque. Ou seja, o investimento (bem como o recebimento dos lucros) é feito em dólares.

Você está preparado para ter esse ativo em carteira? Este investimento faz sentido para a sua vida de investidor? Reflita sobre isso.

  1. Entenda sobre o Investimento no Exterior

Se você realizou o passo anterior e viu que este é um investimento que faz sentido para você, então é hora de entender um pouco mais sobre o investimento no exterior.

Você só pode adquirir ações disponibilizadas em bolsas internacionais de duas formas: através de BDRs ou abrindo uma conta em uma corretora internacional (próximo passo). 

BDR é a sigla para Brazilian Depositary Receipts. Esta é uma forma de adquirir ações de bolsas estrangeiras aqui pelo Brasil. São certificados que funcionam como representações de ações estrangeiras dentro da nossa Bolsa de Valores.

Porém, é muito importante ressaltar que, comprando uma BDR, você não estará adquirindo ações originais da empresa mas, sim, títulos representativos deste ativo aqui no Brasil. Para investir no BDR do Spotify você precisa procurar por S1PO34 na sua home broker.

Como neste artigo ensinamos a investir no Spotify, vamos tratar somente do investimento nas ações da própria companhia, negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque. 

Para isso, você poderá passar ao passo seguinte. 

  1. Abra conta em uma corretora americana. 

Para investir no Spotify você vai precisar abrir uma conta em uma corretora americana, pois somente assim terá acesso às bolsas de valores disponíveis no país.

Para isso, encontre dentre as opções qual a que oferece o melhor custo-benefício. Leve em consideração todas as taxas e valores cobrados para cada investimento.

Logo após, você precisará preencher um formulário que se chama W-8BEN. Ele é provido pelo Órgão Federal dos EUA (IRS), e significa um Certificado de Condição de Estrangeiro para que você possa declarar seu imposto de renda nos Estados Unidos. 

Tendo feito isso, é só transferir o seu dinheiro para a conta da corretora. 

  1. Pesquise pelas ações SPOT (Spotify)

Dentro da sua conta na corretora americana, você encontrará uma Home Broker. É neste canal que você terá disponível todos os ativos listados nas bolsas americanas.

Pesquise pelo código SPOT - referente às ações da empresa Spotify. Ao encontrar, digite a quantidade de papéis que deseja comprar e o preço que deseja pagar por eles, de acordo com a cotação do momento.

Efetue sua compra e pronto! Você será um novo investidor do Spotify.  

Quanto rende o Spotify?

As ações do Spotify são enquadradas em renda variável, ou seja, é impossível prever uma rentabilidade já que a mesma é bem volátil. No entanto, temos alguns números bem interessantes a se levar em consideração.

No quarto trimestre de 2020, a empresa perdeu 0,79 centavos de dólar por cada ação sobre vendas de aproximadamente US$ 2,58 bilhões. Segundo analistas, o resultado esperado era de perder US$ 0,69 sobre vendas de US$ 2,61 bilhões. 

Se compararmos com o quarto trimestre de 2019, a perda foi equivalente a US$ 1,26 por ação sobre vendas de US$ 2,05 bilhões. Por outro lado, ainda no 4T20, o Spotify comemorou a chegada de 11 milhões de novos assinantes da versão premium.

Para o primeiro trimestre deste ano (2021), a empresa de streamings espera crescer em 1,5 milhão o número de assinantes. Além disso, na questão de perfis ativos na rede, a expectativa é que cresça para 359 milhões, chegando a 427 até o final do ano.

Vale a pena investir no Spotify?

Mesmo operando em números negativos, o Spotify é a maior e mais lembrada empresa de streaming do planeta, superando concorrentes como Deezer entre outros.

Para saber se vale a pena investir, lembre-se de levar em consideração o seu perfil de investidor e a situação atual da empresa.

Depois de tudo que leu aqui, reflita: você acredita que possa ser um bom negócio investir no Spotify hoje?

Pense sobre isso! 

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Economia
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais