termos

Risco de Tracking

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:27/09/2021 às 08:38 - Atualizado 25 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é risco de tracking?

Risco de tracking, tracking error ou erro de rastreamento, é um indicador que diz o quanto um fundo ou uma carteira de investimentos está aderente ao seu benchmark.

O sentido de saber o tracking error de um ativo é o de entender o quanto o seu preço vai oscilar junto com o benchmark — tais como CDI, Ibovespa, IFIX etc.

Como calcular o risco de tracking?

A equação do erro de rastreamento possibilita ao investidor comparar o retorno do ativo, ou conjunto deles, com o benchmark que eles se propõem a seguir. Veja como funciona:

TE = √∑ (F-I)2 / N-1

Onde:

  • TE = tracking error;
  • F = retorno do fundo;
  • I = retorno do benchmark;
  • N = número de meses.

Simplificando, para o caso de você não gostar de trabalhar com raíz quadrada e somatória, mas com Excel, o tracking error é o desvio padrão do resultado da diferença entre o retorno do portfólio e o retorno do benchmark. 

Vamos entender melhor com um exemplo.

Imagine que o retorno mensal, no mês de julho de 2021, do fundo Trígono Flagship Small Caps FIC FIA (fundo de ações) foi de 55%, com desvio padrão (DP) de 19,8%. O seu benchmark, Ibovespa, para o mesmo intervalo de tempo, teve um retorno de 6,54%, com DP de 20%

Os DPs são próximos, com um tracking error de 0,2%. Isso significa que o FIA em questão está muito aderente ao Ibovespa. 

Isso pode ser bom ou ruim, depende da análise de vários outros fatores — principalmente o que entra, de fato, para o bolso do investidor.

Quais ferramentas podem ajudar a medir o risco de tracking?

Como já introduzimos, o Excel é a ferramenta mais prática para utilizar esse indicador. 

Basta coletar os retornos, mês a mês, do fundo que você quer avaliar e do seu índice de referência.

Preencher em colunas e, ao final, aplicar a fórmula do desvio padrão, que é =DESVPADA.

Ferramentas mais sofisticadas, como a Bloomberg, também fazem esse cálculo.

Qual a importância de medir o risco de tracking?

Além do grau de conformidade com o benchmark, esse indicador também ajuda a acompanhar as despesas do fundo, incluindo a comissão destinada aos gestores. Quanto maior as despesas, maior o tracking error.

Isso porque a maior razão do desvio padrão do retorno do fundo ser inferior ao DP do retorno do benchmark é quando não houve muito dinheiro investido nas ações ao longo do tempo — normalmente por causa dos seus custos com impostos, transações, entre outros.

Outro benefício no acompanhamento do erro de rastreamento é a noção da rotatividade dos ativos.

Se você compra um fundo em janeiro de 2021 e, em dezembro de 2021, ele tem os exatos mesmos títulos, pode ter algo errado aí.

O mais comum é que o fundo compra e venda títulos, com o passar do tempo, para reequilibrar os investimentos. Se isso não acontecer, pode ser que o tracking error fique baixo.

Métodos que podem melhorar o risco de tracking de um portfólio

Às vezes, um portfólio acaba tendo mais despesas administrativas mesmo. Ou a rotatividade é mais delicada.

Uma maneira de amenizar isso é com o uso do Mercado Futuro. O ativo que for alocado ao contrato futuro obterá a mesma taxa de retorno do fundo a um baixo custo. Quando houver recursos suficientes, basta fechar a posição no mercado futuro e investir no fundo. 

Investir, temporariamente, em títulos da renda fixa de curto prazo é mais um método que tem o potencial de melhorar esse indicador, ou seja, é mais uma fonte de recursos que ajudam no retorno do fundo.

Enfim, outra ideia para aumentar o risco de tracking é o aluguel de ações. Esse empréstimo poderia gerar retorno para o fundo e reduzir o erro de rastreamento.

Sobre o autor
Equipe Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Alfa de Jensen

Alfa de Jensen

O que é Alfa de Jensen? Alfa de Jensen, ou simplesmente Alfa, é uma medida utilizada para determinar qual foi o excedente sobre o resultado estimado...

  CONTINUAR LENDO
Mais termos relacionados: