termos

Outsourcing

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:12/10/2021 às 05:15 - Atualizado 19 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é Outsourcing? 

O outsourcing é a definição dada para a prática de empresas que realizam a contratação de serviços especializados de terceiros para as atividades necessárias. Ou seja, as tarefas que normalmente seriam realizadas dentro da empresa pelos próprios funcionários.  

Outsourcing – ou terceirização, como é mais conhecido – teve início na década de 1970 e ganhou popularidade a partir da abertura econômica de 1990.  

Como funciona o outsourcing?  

A efetuação do outsourcing é firmada a partir de um contrato entre a empresa contratante e a empresa terceirizada. Entretanto, para que uma empresa atue como terceirizada, ela necessita estar formalizada e com o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) ativa na Junta Comercial.  

Além disso, para que haja mais segurança da empresa que efetua a contratação do serviço, também é exigido na Lei da Terceirização (Lei nº 12.439/2017) que o capital social da empresa terceirizada seja compatível com o número de empregados. 

A empresa terceirizada deve garantir todos os direitos já previstos na legislação trabalhista, tais como salários, horas extras, 13º salário, férias, além daqueles estabelecidos em acordos e convenções coletivas negociados pelos sindicatos das suas respectivas categorias profissionais. 

A tomadora do serviço tem o papel de fiscalizar o cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias. Portanto, é importante ressaltar que o trabalhador terceirizado não tem remuneração menor ou a falta de benefícios por ter terceirizado.  

Lei de terceirização de 2017 

A Lei n.º 13.429/2017 é responsável por regular o trabalho temporário e terceirizado no Brasil, junto com ela, a prática tornou-se mais comum nas empresas e mudanças significativas no mercado trabalhista brasileiro.  

A empresa responsável pela contratação terá apenas compromisso junto ao prestador apenas durante o período que durar o trabalho.  

Por que aderir ao outsourcing? 

A empresa que adere a essa prática em suas atividades pode ter muitas vantagens quando alinhado com uma boa estratégia de negócio. A terceirização de etapas parciais ou completas pode tornar mais eficiente seus processos, agregando mais qualidade técnicas para suas realizações.  

Atualmente, é muito comum ver empresas que estão organizadas em forma de redes, executando atividades separadamente para chegar em um produto final. O conceito de terceirização não é diferente disso, o principal fator é que as empresas buscam contratar outras que realizam melhor o serviço.  

Além disso, a possibilidade de ter uma folha salarial menor e consequentemente diminuindo as obrigações patronais – diminuindo assim os seus custos, é um lado que se torna vantajoso nesse modelo.  

Afinal, quando há um número muito grande de funcionários, é necessário ter uma estrutura que possa atender adequadamente a todos. Ou seja, ocorrem gastos com computadores, ampliação de espaço, telefones, estrutura, etc.  

Quais são as vantagens do outsurcing? 

O desemprego no Brasil é um problema no qual muitos economistas liberais enxergam a solução na prática de terceirização, já que ela diminui a burocracia e permite empresário contratarem mais funcionários.  

  1. Foco 

As empresas conseguirão ter mais foco na melhoria de seus produtos ou serviços, pois a terceirização elimina processos nas quais elas estariam preocupadas, possibilitando assim o foco no crescimento.

  1. Simplificação 

A empresa não necessita se preocupar com contratações ou demissões dos funcionários, além das burocracias, uma vez que a empresa terceirizada é responsável por exercer essa função. 

  1. Produtividade 

Nesse caso, uma vez que a empresa não precisará se preocupar com os serviços terceirizados, uma boa gestão pode trazer mais produtividade para as atividades que são desempenhadas dentro da empresa.  

Quais são as desvantagens do outsurcing? 

Por outro lado, os sindicatos apontam que o trabalhador se torna mais vulnerável em casos de terceirização, ficando sem proteção diante dos abusos por parte de seus empregadores.  

  1. Demissões 

A terceirização em muitos casos pode se tornar um problema para quem não aceita esse processo. Alguns funcionários são demitidos e recontratados como terceirizados, e muitos são até substituídos por pessoas que aceitam realizar o serviço por uma remuneração menor.  

  1. Rotatividade 

Já que a rotatividade pode aumentar entre demissões e contratações de funcionários, a falta de vínculo entre os funcionários e seus gestores pode afetar diretamente o crescimento da empresa.  

Sobre o autor
Equipe Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Nome Sujo (na praça)

Nome Sujo (na praça)

O que significa ter Nome Sujo na Praça? As pessoas que estão com o “nome sujo na praça” não são boas pagadoras e estão devendo nas...

  CONTINUAR LENDO