Logo Mais Retorno
termos

Nome Fantasia

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:06/11/2019 às 18:25 -
Atualizado 3 anos atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é Nome Fantasia

Nome fantasia (ou nome de marca, nome comercial, nome de fachada) é o nome dado a uma empresa para que ela se torne conhecida no mercado.

Uma analogia simples é que o nome fantasia é como se fosse o apelido da empresa, pelo qual todo mundo a chama. É diferente da razão social, que é o nome oficial da empresa, o que aparece nos seus documentos.

O nome fantasia pode ser uma variação da razão social ou completamente diferente dela. Não existe regra para que os dois guardem relação.

Importância do nome fantasia

 

A razão social de uma empresa nem sempre possui apelo comercial. Por isso, o uso de um nome fantasia é uma alternativa para que o negócio consiga ganhar a atenção e ficar na memória dos consumidores.

Nome fantasia x Marca

É importante não confundir o nome fantasia com a marca. O nome fantasia é obrigatório, mas pode existir sem ter nenhuma proteção. Enquanto isso, a marca é opcional, mas é propriedade intelectual registrada da empresa.

Para evitar que o nome fantasia seja usado por outras empresas, é preciso registrá-lo junto ao INPI, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial. A partir de então, ele se torna parte da marca, junto com o logotipo da empresa e outros aspectos relevantes para sua identificação no mercado.

Por exemplo, tanto o nome fantasia "McDonald's" quanto o logotipo do M amarelo e o mascote do palhaço fazem parte da marca registrada dessa famosa rede de fast food.

Erros comuns na escolha do nome fantasia

Existem vários erros que podem ser cometidos ao escolher o nome fantasia de uma empresa.

O primeiro deles é não realizar uma pesquisa adequada, e acabar escolhendo um nome que já é utilizado por outra empresa. Quando isso acontece, fica difícil garantir que esse nome vai ter o impacto comercial desejado.

A situação é pior se a outra empresa registrou esse nome fantasia no INPI. Nesse caso, pode haver até um processo judicial.

Outro erro comum é a escolha de um nome que os clientes não vão saber como pronunciar ou como escrever. Isso acontece, principalmente, quando são usados termos de línguas estrangeiras, como Inglês.

Em alguns casos, empresas escolhem um nome fantasia que não ajuda a identificar qual é a sua atividade ou o seu diferencial. Isso não chega a ser um erro, mas pode tornar mais difícil o reconhecimento da empresa pelos clientes no começo.

Além disso, em alguns casos, o nome que não foi pensado com cuidado pode gerar efeitos inesperados e indesejados.

Imagine, por exemplo, que um pequeno empresário decide abrir uma cafeteria chamada Café Tão Gostoso. Parece inofensivo, até que chega a hora de criar um site, que vai acabar com um endereço mais ou menos assim: www.cafetaogostoso.com.br – gerando um duplo sentido desagradável.

Alteração do nome fantasia

O nome fantasia pode ser alterado. Para isso, é preciso usar o sistema Portal do Empreendedor no caso de MEI; ou comparecer à junta comercial ou ao cartório de registro de PJ em que a empresa foi registrada.

A burocracia para essa alteração não é grande. O verdadeiro problema é que, quando uma empresa muda seu nome fantasia, ela pode enfraquecer aquele vínculo que já tinha construído com o mercado (clientes, fornecedores, parceiros).

Por isso, qualquer alteração no nome fantasia deve ser acompanhada de um planejamento estratégico para comunicar essa mudança. Algumas das medidas recomendadas são:

  • Enviar e-mails a todos os contatos;
  • Avisar sobre o processo com antecedência no site e nas redes sociais;
  • Preparar os funcionários para explicar a transição quando estiverem atendendo clientes;
  • Atualizar todos os materiais em que aparece o nome fantasia, como a fachada e os veículos da empresa, uniformes, crachás, brindes, entre outros.

 

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!