Logo Mais Retorno
termos

Lira Turca

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:18/08/2021 às 16:26 -
Atualizado 9 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é lira turca?

Lira turca é a moeda oficial da Turquia e do norte do Chipre, desde 2009. A sua abreviação é TRY e ela é dividida em kurus — o equivalente aos nossos centavos de real. 

Mas no país também se costuma aceitar euros e dólares americanos. 

O real, por outro lado, é contraindicado. Até mesmo porque, neste momento, em 2021, 1 real está equivalendo a aproximadamente 1,60 liras turcas. 

Quais as características da lira turca?

A unidade monetária encontra-se em notas de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 200 e moedas de 1 lira, além de 1, 5, 10, 25 e 50 kurus. Lembrando que 1 lira turca equivale a 100 kurus (YKR).

O símbolo da moeda lembra a letra T minúscula: ₺. O designer, Tülay Lale, explicou que é como se fosse um L junto com a letra T. Para ele, o formato de âncora transmite que a moeda é um 'porto seguro', enquanto as linhas voltadas para cima representam o seu prestígio crescente.

As notas, das menores para as maiores, possuem as seguintes cores:

  • castanho;
  • roxa;
  • vermelho;
  • verde;
  • laranja;
  • azul;
  • violeta (um lilás mais vibrante).

Como toda moeda, as de menor valor são basicamente feitas de cobre e de zinco. Já os kurus de valores mais altos apresentam também o níquel na composição.

Uma semelhança com o real é que 1 kuru é extremamente raro, assim como as nossas moedas de 1 centavo.

Já uma diferença entre a nossa moeda e a da Turquia é que, em vez de animais impressos nas cédulas, todas elas apresentam o rosto de Mustafa Kemal Atatürk, fundador da República e ex-presidente.

Além dessa marca d’água, cada nota também traz a figura de um ícone turco, entenda:

  • ₺5: Aydın Sayılı, que foi um historiador;
  • ₺10: Cahit Arf, foi um matemático;
  • ₺20: Mimar Kemaleddin, um arquiteto;
  • ₺50: Fatma Aliye Topuz, escritora e ativista pelos direitos das mulheres;
  • ₺100: Buhurizade Mustafa Itri, um músico do século XVIII;
  • ₺200: Yunus Emre, um poeta do século XIV.

Como se encontra a lira turca hoje e a economia do país?

A própria moeda do país transcontinental renasceu a partir de uma reforma econômica. Havia a lira turca, mas, em 2001, explodiu uma crise que levou à sua desvalorização. Foi criada a nova lira que, mais tarde, voltou a ser chamada apenas de lira turca.

Junto a essa reformulação da moeda, o país passou por uma onda de privatizações e de restrição de gastos para controlar a inflação. Até hoje, a situação não mudou muito: a moeda ainda é fraca e luta contra essa instabilidade. 

No geral, os setores econômicos mais fortes da Turquia são o da informação e comunicações, serviços e industrial. Os mercados imobiliários e da construção são os que menos têm crescido nos últimos anos. 

As atividades econômicas turcas são realmente diferentes das que costumamos acompanhar no nosso país, já que o petróleo começou a fluir no Brasil imperial enquanto, na Turquia, começou em 2006. O país também tem a maior taxa de juros real no mundo — enquanto o Brasil ocupa o 6º lugar.

Investindo na Turquia

Os investidores turcos utilizam a Bolsa de Istambul, também chamada de ISE (Istambul Stock Exchange), para fazer as negociações. Ela foi criada nos anos 80 e o seu principal índice é a ISE National-100.

A forma mais fácil de investir na ISE e, possivelmente, ter patrimônio em lira turca é por meio da compra de ETFs (Exchange Traded Funds), como o iShares MSCI Turkey ETF (TUR). Pode ser uma boa ideia, pois a economia do país vai bem e as ações ainda estão subvalorizadas, o que dá chance aos investidores de tirarem proveito dessa recuperação.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Mais sobre