Última modificação em 2 de junho de 2021

O que é Investor Breadth?

Investor Breadth é um termo inglês que significa "amplitude do investidor". No mercado financeiro, o termo amplitude é utilizado para explicar a volatilidade de ativos.

Em outras palavras, trata-se de um conceito para medir a variação de uma média do mercado. Isto é, qual é o grau de variação do ativo — seja para cima (o que representa ganhos acima da média), seja para baixo (o que representa perdas acima da média).

O conceito de Investor Breadth também pode ser aplicado para uma carteira de investimentos. Assim, o investidor consegue monitorar a volatilidade do seu portfólio de ativos, medindo também os riscos aos quais está exposto.

Como funciona o Investor Breadth?

Investor Breadth é uma ferramenta muito utilizada pelos investidores para o mercado de ações, em especial para operações de curto prazo na tentativa de identificar uma tendência.

Um dos modos de fazê-lo é analisar um índice e o seu pacote de ativos, por exemplo. Suponha que você queira analisar o Ibovespa. Algumas ações vão apresentar uma performance acima do índice, enquanto outras vão apresentar desempenho inferior.

Se a maioria dos ativos apresentar um descolamento do seu índice, pode representar um movimento de mercado de alta ou de baixa, algo que justamente pode ser medido utilizando da ferramenta de amplitude.

O importante aqui não é observar apenas a força da variação (que seria basicamente a volatilidade desses ativos), mas sim a quantidade. Quanto mais ações apresentarem esse movimento com maior força, isso representa que a amplitude de mercado também se elevou.

A quem interessa o Investor Breadth?

Geralmente, os indicadores de amplitude de mercado interessam mais o trader do que o investidor de longo prazo. Isso porque o objetivo é identificar uma tendência de mudança de preço, algo que converge com a atuação do primeiro do que com o segundo.

Isso acontece porque, entre esses perfis, há uma diferença de atuação muito grande. Para o investidor de longo prazo, pouco importa se a ação vai subir ou cair de preço no curto prazo. Já para o trader, é essencial entender esses movimentos.

Cada perfil tem as suas ferramentas de análise e o Investor Breadth é uma entre as quais um trader pode buscar identificar oportunidades de alta ou de baixa do mercado financeiro, abrindo suas posições conforme essa tendência.

Como analisar o Investor Breadth?

A análise do Investor Breadth permite aos investidores buscar uma tendência para o mercado financeiro, comparando ativos individuais com o seu segmento como um todo (geralmente representado por meio de um índice).

A primeira conclusão que se pode tirar dessa ferramenta é se há uma perspectiva de aumento ou queda dos preços dos ativos. Quanto maior for a amplitude, mais volátil estará o mercado.

A volatilidade, contudo, não é ruim para quem busca movimentos de curto prazo. É ela, afinal, quem aumenta a intensidade das variações de preços dos ativos. O desafio está em entender para qual direção o mercado irá se movimentar.

Quais são as limitações do Investor Breadth?

Embora seja muito útil ao investidor na sua tomada de decisão, o Investor Breadth possui algumas limitações que não podem ser ignoradas.

A primeira delas é que se trata de um indicador. Isto é, uma estratégia de investimento não deve se basear apenas e exclusivamente em um número frio, sendo recomendável acrescentar outros gráficos e ferramentas também.

Além disso, a identificação de uma tendência para o mercado (assim como a sua força por meio da amplitude) não representa que aquilo de fato irá acontecer. Ou seja, os riscos seguem existindo e o investidor deve utilizar uma quantia de capital adequada para esse cenário.

Termo do dia

Mercado de Crédito

O que é mercado de crédito? O mercado de crédito é parte integrante do Sistema Financeiro Nacional, composto ainda pelos mercados de câmbio (moeda), capitais (valores…