Última modificação em 18 de março de 2021

O que é Análise Du Pont?

A análise Du Pont é uma das formas mais utilizadas para fazer análises econômicas dos demonstrativos financeiros de uma empresa.

Essa análise leva esse nome por ter sido usada na década de 1920 pela empresa Du Pont, sendo que o cálculo da mesma foi criado em 1912 por Donaldson Brown, engenheiro elétrico que atuava na indústria química.

Tomando como base para seu cálculo indicadores financeiros como ROA (Retorno sobre Ativo) e ROE (Retorno sobre Patrimônio), o sistema Du Pont nos permite avaliar a rentabilidade de uma empresa a partir dos dados de seu demonstrativo financeiro.

Desse modo, a análise Du Pont permite que o acionista tenha uma visão do retorno de uma empresa a partir de diversos ângulos!

Isso porque, a partir do ROA e do ROE, esse sistema divide o retorno sobre capital em diferentes dimensões que possibilitam ao acionista avaliar uma empresa em relação a outras do mesmo setor e saber em quais aspectos a mesma está com problemas.

Controle seus investimentos

Baixe agora nossa planilha exclusiva!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Quais são os elementos que compõem a Análise Du Pont?

A análise DuPont permite ao acionista analisar o desempenho econômico de uma empresa por diversos pontos de vista porque é composta por três elementos principais.

Partindo da decomposição das fórmulas do ROE e do ROA, nós obtemos um diagrama que fornece uma visão do quanto a empresa fornece de retorno e de qual o impacto - positivo ou negativo - da alavancagem para sua geração de lucro.

Esse diagrama é fundamentalmente composto por três elementos principais: a margem de lucro líquida, a rotação total dos ativos da empresa e a alavancagem financeira.

A margem de lucro é importante para esse tipo de análise porque em muitos casos há produtos e/ou serviços cuja comercialização leva um longo período de tempo para ocorrer.

Ou seja, se esse serviço/produto, vendido individualmente, tiver uma baixa margem de lucro, isso vai significar um retorno baixo. Sendo que para aumentar o retorno terão de ser vendidos um volume maior de produtos.

Já a rotação total dos ativos da empresa, também chamada de giro do ativo, representa um cenário contrário ao apresentado na margem de lucro.

Quando a empresa comercializa um produto/serviço que naturalmente tem alto volume de vendas, mesmo que ele tenha baixa margem de lucro, o volume de vendas compensa isso e permite uma boa rentabilidade.

Por fim, o terceiro elemento considerado é a alavancagem financeira.

Esse é um ponto de atenção bastante relevante apresentado pela análise Du Pont, pois quando uma empresa depende de capital de terceiros isso pode representar um risco para sua rentabilidade.

Isso porque, embora tomar empréstimos para financiar um negócio seja comum, quanto maiores forem os valores tomados na alavancagem, maiores serão as dívidas e mais comprometida estará a rentabilidade de uma empresa.

Se isso está parecendo muito abstrato para você, nós vamos exemplificar para que se torne mais claro.

Como funciona a Análise Du Pont?

A partir dos elementos que compõem a análise que foram apresentados no tópico anterior, podemos, então, compreender sua fórmula:

Análise Du Pont = Lucro Líquido/VendasVendas/Ativo Total Alavancagem Financeira.

Ao aplicar essa fórmula, obtemos como resultado um valor percentual que vai indicar qual foi a rentabilidade gerada pela empresa a partir da relação entre seu capital próprio, de alavancagem e suas vendas.

Tomando esse resultado como base, algumas perguntas podem ser feitas para estimar quais as chances de essa empresa manter uma rentabilidade consistente ao longo do tempo.

Por exemplo, se uma empresa possui uma boa rentabilidade, porém sua principal fonte de investimento é o capital de terceiros (alavancagem), vale a pena analisar com calma seu volume de vendas e o lucro obtido para saber se há riscos associados a esse tipo de financiamento.

Termo do dia

Rebranding

O que é Rebranding? O rebranding corresponde a um processo de renovação, onde uma marca passa por transformações a fim de se adequar a um novo…