Última modificação em 13 de janeiro de 2021

O que é análise de indicadores?

A análise de indicadores é um processo pelo qual os analistas ou investidores avaliam os principais pontos e os múltiplos de um balanço financeiro. É a partir desse processo que é possível ter uma noção bastante clara da situação financeira de um negócio, tal qual uma fotografia.

Esse tipo de estudo faz parte de um processo muito importante que avalia, além da saúde da empresa, as suas perspectivas. Por isso, pode-se dizer que é papel do analista saber fazer uma boa análise concentrada nos principais pontos-chave do negócio que será avaliado. Dessa forma, será possível acompanhar seu desempenho futuro e se as metas e objetivos propostos conseguiram ser atingidos.

Os indicadores, nesse tipo de análise, representam um ponto estratégico de uma gestão também estratégica. Por isso, é possível dizer que são métricas que qualificam e quantificam a performance de todo o dinheiro da empresa. Além disso, mostram o quão escalável o negócio pode ser.

Por que uma análise de indicadores é importante?

Uma empresa que não faz uma análise de indicadores pode ser comparada a um navio que navega sem direção, ou seja, tem grandes chances de naufragar. Se os responsáveis não tomam decisões baseadas em dados reais, é muito provável que não consigam pagar as contas — e, com isso, o orçamento pode ficar no vermelho.

Para que esse tipo de situação não aconteça, é preciso ter ciência e acompanhar tudo o que acontece dentro do negócio, o que só é possível com esse tipo de estudo. Todos os valores e informações descobertos com a análise de indicadores tem o poder de ampliar o campo de visão dos responsáveis, o que permite uma tomada de decisões mais precisa.

Com o passar do tempo, os benefícios se tornam ainda mais aparentes, como um planejamento mais eficaz e a diminuição perceptível dos erros e imprevistos — que, por mais bem preparado que uma empresa esteja, podem acontecer.

Quais são as desvantagens da análise de indicadores?

Ao mesmo passo em que a análise de indicadores é uma maneira prática e bem rápida de obter informações preciosas sobre a situação de uma empresa, esse tipo de tarefa apresenta algumas desvantagens. A primeira delas é que, por muitas vezes, é utilizada somente como um conjunto de métricas-chave que fazem um estudo bastante superficial sobre um caso específico.

Como os negócios são muito complexos, estão sujeitos a muitas variáveis externas que também devem fazer parte de toda a equação do valuation de uma instituição. Para combater esse “mau uso”, o indicado é que seja feita uma leitura mais completa de todos os relatórios financeiros — que, geralmente, é disponibilizado em páginas direcionadas aos investidores.

Quais são os principais indicadores utilizados na análise?

Existem diversos indicadores que podem ser utilizados em uma análise desse tipo, em que cada um é responsável por fazer a mensuração e apresentação de informações específicas sobre aspectos diferentes da empresa analisada. O primeiro deles é a margem bruta, que mede a rentabilidade do negócio. De uma forma mais simples, é ele quem vai demonstrar qual a porcentagem de lucro ganhada com cada venda.

Um outro indicador bastante utilizado é o da liquidez corrente. É ele quem mede a capacidade que uma empresa tem de arcar com todas as suas obrigações a curto prazo. Essencial para diagnosticar a saúde financeira de um negócio, também é de extrema valia para mensurar a possibilidade de receber — ou não — proventos no futuro. Outros indicadores podem ser:

Em uma análise de indicadores, o termo ROI (Retorno Sobre Investimento) aparece com frequência. Isso porque é ele quem mostra quanto dinheiro a empresa está ganhando ou perdendo com os seus investimentos. É por meio dele que é possível saber qual deles vale a pena. As respostas obtidas pela sua utilização permitem tomar decisões muito mais precisas que apresentarão resultados muito melhores.

Termo do dia

Efeito Isolante

O que é o efeito isolante? É chamada de efeito isolante ou efeito Von Restorff (em Inglês, isolation effect) a tendência humana de se lembrar, com…