Empresa

O Fundo de Pensão dos Professores de Ontário (Ontario Teachers Pension Plan) anunciou nesta segunda-feira que adquiriu a totalidade da Evoltz, empresa do setor de transmissão de energia que opera sete linhas em 10 Estados do Brasil, da norte-americana TPG Capital.

É a primeira investida no setor que o fundo faz no País, que já opera ativos de energia na Finlândia e no Chile. Os valores da operação não foram divulgados.

Linha de transmissão da Evoltz, que agora passa a fazer parte do Ontario Teachers - Foto: Evoltz/Reprodução

"A Evoltz tem um portfólio altamente atraente de concessões de transmissão que fornece energia elétrica confiável para empresas e consumidores em todo o Brasil", afirma Dale Burgess, diretor executivo sênior de infraestrutura e recursos naturais do Ontario Teachers, em nota.

Ele diz que os negócios de transmissão são atraentes para o fundo por conta de sua importância na transição para uma economia de baixo carbono.

O anúncio ocorre em momento aquecido no setor de transmissão de energia do Brasil, que tem atraído apetite de investidores locais e multinacionais devido aos bons retornos oferecidos.

Linhas de transmissão

Criada em 2018 no Rio de Janeiro, a Evoltz é responsável pela operação e manutenção de 3.561 quilômetros de linhas de transmissão de energia elétrica que cruzam dez Estados do Brasil e estão distribuídos em sete concessões (Manaus Transmissora de Energia, Norte Brasil Transmissora de Energia, Evoltz IV, Evoltz V, Evoltz VI, Evoltz VII e Evoltz VIII).

"Temos o prazer de dar as boas vindas ao Ontario Teachers como nosso novo acionista e estamos entusiasmados em trabalhar com eles para levar a empresa a novos patamares", diz João Pinheiro Nogueira Batista, presidente da Evoltz.

A transação deve ser concluída no terceiro trimestre de 2021 e está sujeita às condições habituais de fechamento e aprovações regulatórias. / com Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais