Empresa

O Nubank anunciou nesta terça-feira, 8, ter levantado US$ 500 milhões com a Berkshire Hathaway, de Warren Buffet uma das maiores empresas abertas em todo o mundo. Além disso, recebeu um aporte extra de US$ 250 milhões liderado pela Sands Capital.

Foto: Nati Harnik
Berkshire Hathaway, de Warren Buffet, injeta US$ 500 milhões no banco - Foto: Nati Harnik

Fazem parte desse segundo aporte vários investidores brasileiros, como a Absoluto Partners, gestora de recursos co-fundada por José Zitelmann e Gustavo Hungria, e Verde Asset Management, gestora liderada por Luis Stuhlberger.

Segundo a empresa, o montante de US$ 750 milhões, ao total, que são uma extensão da captação de série G anunciada em janeiro pelo banco, será utilizado no apoio ao crescimento do Nubank em três grandes frentes de desenvolvimento: introduzir novas soluções ao seu portfólio, promover crescimento internacional e democratizar o acesso a investimentos.

O banco digital absorveu recentemente a Easynvest, uma das principais plataformas de investimento digital no Brasil, que possui mais de US$ 5 bilhões em ativos sob custódia e 1,6 milhão de clientes.

Com este passo, a empresa pretende democratizar o acesso aos investimentos. Hoje, de uma população total de 221 milhões de brasileiros, apenas 3 milhões estão investindo ativamente, de acordo com a B3.

"Este novo financiamento vai nos ajudar a manter democratizando o acesso aos serviços financeiros em toda a região. Temos a honra de receber um investidor de classe mundial para nos apoiar nessa jornada ”, afirma o fundador e diretor-presidente do Nubank, David Vélez.

Com as duas extensões, o valor da Série G sobe para US$ 1,15 bilhão e passa a ser a maior rodada de investimento já realizada por uma empresa de tecnologia privada na América Latina. Ao todo, o Nubank levantou cerca de US$ 2 bilhões ao longo de seus oito anos de atividade.

Crescimento e expansão

A nova rodada é fruto do crescimento hiper-acelerado e sustentável do Nubank, segundo a companhia. A empresa expandiu sua oferta de produto principal de cartão de crédito para uma plataforma bancária digital com um portfólio que inclui empréstimo pessoal, investimentos, seguro de vida, produtos para microempreendedores e serviços de pagamentos instantâneo.

"Ninguém pensava que era possível mudar o sistema financeiro, mas nós sempre estivemos convencidos de que havia espaço para ruptura e inovação e, mais importante que isso, que os clientes mereciam melhores serviços. E como costumo dizer: para nós, no Nubank, ainda é o primeiro dia. Ainda há muito a fazer”, ressalta Vélez.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais