Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Mercado ao vivo: acompanhe as movimentações da Bolsa e do dólar nesta quarta-feira, 22 de junho

Mercados internacionais operam majoritariamente em baixa

Data de publicação:22/06/2022 às 11:38 -
Atualizado 9 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Depois de fechar em baixa na véspera, na contramão dos mercados internacionais, a Bolsa de Valores brasileira, a B3, amanheceu em queda, mas inverteu o sinal e, às 14h22, avançava 0,48%, aos 100.159 pontos. Nesta quarta-feira, 22, o Ibovespa, principal índice acionário da Bolsa é impulsionado pela recuperação das ações da Petrobras e o bom desempenho de exportadoras de proteínas.

No entanto, o mercado se mantem cauteloso com as questões políticas envolvendo a Petrobras e os preços dos combustíveis. Analistas do BTG Pactual destacam que "o governo negocia com o Congresso a criação de um auxílio mensal de mil reais para caminhoneiros e a ampliação do vale gás em troca da suspensão de uma MP (medida provisória) para mudar a Lei das Estatais".

balança comercial bolsa
Plataforma de petróleo | Foto: Reprodução de opetroleo.com.br

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado Federal, já confirmou que tais medidas estão em discussão. Com a preocupação em relação ao quadro fiscal do País, cresce o temor dos investidores com os investimentos brasileiros e, com isso, o dólar vive um dia de bastante volatilidade. A moeda americana registrava leve alta de 0,06%, às 14h24, quando era cotada a R$ 5,16, após operar em baixa durante parte da manhã e começo da tarde.

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
MinervaBEEF3+6,28%
BRFBRFS3+3,21%
BTG PactualBPAC11+3,10%
HyperaHYPE3+2,59%
YduqsYDUQ3+2,35%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 11h30

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
IRB BrasilIRBR3-7,07%
CSNCSNA3-6,09%
3R PetroleumRRRP3-5,55%
GerdauGGBR4-5,11%
PetroRioPRIO3-4,58%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 11h30

Mercados internacionais

Investidores globais estão na expectativa nesta quarta para um testemunho de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) no Senado norte-americano, após a instituição promover o maior aumento de juros desde 1994 na semana passada, em nova tentativa de combater a disparada da inflação, reforçando temores de que os EUA possam entrar em recessão.

Preocupações sobre uma possível recessão, não apenas nos EUA mas da economia global como um todo, ajudaram a derrubar os preços do petróleo nesta madrugada, impactando as bolsas do mundo inteiro. Há expectativa também de que o presidente americano, Joe Biden, peça a suspensão temporária do imposto federal cobrado sobre a gasolina, com o intuito de reduzir os custos dos combustíveis.

Os mercados americanos são os únicos a operar entre altas e baixas, com bastante volatilidade. Outros mercados vivem dia de queda acentuada.

Desempenho das bolsas americanas

  • Dow Jones: alta de 0,24%
  • S&P 500: alta de 0,48%
  • Nasdaq 100: alta de 1,06%

Dados atualizados às 11h27

Desempenho das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): baixa de 1,02%
  • FTSE 100 (Inglaterra): baixa de 0,68%
  • DAX (Alemanha): baixa de 1,41%
  • CAC 40 (França): baixa de 1,40%

Dados atualizados às 11h26

Fechamento das bolsas asiáticas

  • Xangai Composto (China): baixa de 1,20%
  • Shenzhen Composto (China): baixa de 1,28%
  • Hang Seng (Hong Kong): baixa de 2,56%
  • Nikkei (Japão): baixa de 0,37%
  • Kospi (Coréia do Sul): baixa de 2,74%
  • Taiex (Taiwan): baixa de 2,42%

Com Agência Estado

Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno