Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Mercado ao vivo: acompanhe as movimentações da Bolsa e do dólar nesta quarta-feira, 06 de julho

Grande destaque da agenda do dia é a divulgação da ata da última reunião do Fed

Data de publicação:06/07/2022 às 12:07 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:

Em dia de divulgação da ata da última reunião do FOMC, o comitê de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), os mercados globais operam majoritariamente em baixa, com os investidores aguardando para ver se o documento revelará novas informações sobre a trajetória da taxa de juros na maior economia do mundo.

No Brasil, a Bolsa de Valores registra baixa nas primeiras horas do pregão desta quarta-feira, 6, acompanhando o exterior e refletindo o desempenho negativo das exportadoras de petróleo e minério de ferro, que recuam com a desvalorização das commodities no exterior. Às 16h, o Ibovespa subia 0,30%, aos 98.587 pontos.

dividendos
Foto: B3/Divulgação

Também pesa sobre a cotação do índice a elevação do risco fiscal brasileiro, que permanece no radar dos investidores. "Ontem à noite, o relator da PEC dos Benefícios na Câmara, o deputado Danilo Forte, deu parecer favorável à aprovação do projeto da forma que veio do Senado, mantendo o impacto fiscal de R$ 41,3 bilhões", destaca a equipe de Research do BTG Pactual.

Em contrapartida, a votação da proposta na comissão especial foi adiada após um pedido de vista da oposição. A previsão, agora, é de que o texto seja votado nesta quinta-feira, 7, e depois siga para dois turnos de votação no plenário da Câmara. Refletindo as incertezas com o cenário fiscal do País, o dólar ganha vantagem frente ao real e, às 16h, avançava 0,59%, cotado a R$ 5,42.

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
Grupo NaturaNTCO3+6,67%
HyperaHYPE3+5,96%
YduqsYDUQ3+5,55%
TotvsTOTS3+5,02%
MarfrigMRFG3+4,97%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 12h

Maiores baixas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
3R PetroleumRRRP3-6,73%
PetroRioPRIO3-4,68%
BraskemBRKM5-3,85%
GolGOLL4-3,78%
PetrobrasPETR4-3,50%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 12h

Mercados internacionais

De acordo com Jennie Li, estrategista de ações da XP Investimentos, os olhos dos investidores permanecem voltados à mesma preocupação das últimas semanas: as perspectivas de que o mundo passe por um período de recessão econômica, começando pelos Estados Unidos.

A especialista afirma que, na véspera, a curva de juros americana passou por uma inversão, com as taxas do curto prazo maiores dos que a de longo prazo. Jennie explica que este é um movimento que foi observado em outros períodos, pouco tempo antes da maior economia do mundo entrar em recessão.

Com essas perspectivas de crise, as expectativas são de que a atividade econômica também caía e, por isso, a demanda por diversas commodities também pode cair. Dessa forma, petróleo e minério de ferro vivem dias de desvalorização acentuada.

Além disso, a situação na China também preocupa, após uma nova alta no número de casos de covid-19 em Xangai apenas dias depois da adoção de novas medidas de flexibilização. Como a China adota uma política de tolerância zero contra a pandemia, os número aumentam a preocupação de que o país possa passar por novos lockdowns, impactando negativamente a atividade econômica.

Com esses fatores no radar, os principais índices acionários do mundo operam ou fecharam em baixa nesta quarta-feira, com exceção da Europa, que vive um dia de recuperação, após quedas acentuadas nos últimos pregões.

Desempenho das bolsas americanas

  • Dow Jones: baixa de 0,12%
  • S&P 500: baixa de 0,13%
  • Nasdaq 100: alta de 0,18%

Dados atualizados às 11h57

Desempenho das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): alta de 2,00%
  • FTSE 100 (Inglaterra): alta de 1,37%
  • DAX (Alemanha): alta de 1,98%
  • CAC 40 (França): alta de 2,20%

Dados atualizados às 11h58

Fechamento das bolsas asiáticas

  • Xangai Composto (China): baixa de 1,43%
  • Shenzhen Composto (China): baixa de 1,15%
  • Hang Seng (Hong Kong): baixa de 1,22%
  • Nikkei (Japão): baixa de 1,20%
  • Kospi (Coréia do Sul): baixa de 2,13%
  • Taiex (Taiwan): baixa de 2,53%
Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno