Mercado Financeiro

Mercado ao vivo: Bolsa sobe com commodities, PEC dos Precatórios e dados econômicos americanos

Investidores acompanham o desenrolar da PEC no Senado e de olho nos dados econômicos internacionais

Data de publicação:24/11/2021 às 01:41 - Atualizado 9 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Após abrir em queda, a Bolsa virou o sinal e registra alta nesta quarta-feira, 24, puxada pelas commodities - Vale e Petrobras sobem mais de 1% no pregão, reflexo de mais um dia de alta no preço do minério de ferro e avanço no valor do barril de petróleo. O mercado também segue acompanhando a PEC dos Precatórios no Senado.

Além disso, os investidores testão atentos à movimentada agenda econômica dos Estados Unidos, com dados relevantes que podem mexer com os rumos da política monetária do país. Às 16h18, o Ibovespa subia 0,50% e recuperava o patamar dos 104 mil pontos - 104.172 pontos. O dólar à vista avançava 0,39%, cotado a R$ 5,59.

Foto: Be/Divulgação
Sede da B3 em São Paulo - Foto: B3/Divulgação

O líder do governo e relator da PEC dos Precatórios no Senado, Fernando Bezerra Coelho, protocolou na manhã desta quarta-feira o parecer da proposta com as alterações anunciadas no dia anterior, mantendo um limite para o pagamento de precatórios e a mudança na regra de cálculo do teto de gastos a partir do próximo ano.

Os senadores fecharam um acordo para fazer um pedido de vista e votar a PEC apenas na próxima terça-feira, 30, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. A negociação foi feita na sala da comissão antes do início da reunião do colegiado.

O governo calcula ter 16 ou 17 votos favoráveis para aprovar a PEC na comissão, dos 14 necessários. No plenário, a aposta do Executivo é que haja de 51 a 53 votos a favor, mas há pressão para mudanças no texto.

"Temos expectativa positiva de que essa matéria possa ser deliberada e aprovada na próxima terça", disse Bezerra ao chegar para a reunião.

A PEC deve abrir um espaço fiscal de R$ 106,1 bilhões para aumento de despesas em 2022, ano de eleições presidenciais. O relator estipulou um caráter permanente ao Auxílio Brasil, programa anunciado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro para substituir o Bolsa Família e pagar um benefício de R$ 400 mensais.

Pelo texto, o programa de transferência de renda terá um caráter permanente. Os limites e condições, no entanto, deverão ser dados por lei até 31 de dezembro de 2022.

O programa não precisará apresentar fonte de financiamento exigida pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o que na prática pode fazer com que o auxílio seja pago sem um aumento de receitas como compensação.

Além do Auxílio Brasil, o espaço fiscal aberto com a PEC será destinado para despesas com saúde, previdência e assistência social e o cumprimento de limites do teto, possibilitando a prorrogação da desoneração da folha salarial.

Essa destinação, no entanto, está vinculada apenas à folga gerada pela mudança na regra do teto - cerca de R$ 62,2 bilhões - e não ao limite no pagamento de precatórios, que pode abrir margem para R$ 43,8 bilhões em outros gastos.

Juros futuros

Após abrir em queda, os juros futuros viraram o sinal e passaram a subir. Por volta das 10h40, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 variava de 12,21%, na abertura, para 12,30%; a do DI para janeiro de 2024 subia de 11,99% para 12,15%; a do DI para janeiro de 2025 subiu de 11,86% para 11,98%; e a do DI para janeiro de 2027 avançou de 11,72%, na abertura, para 11,79%.

Sobe e desce da Bolsa

Nesta quarta-feira, com mais um dia de valorização do preço do minério de ferro na China, as ações das gigantes siderúrgicas e mineradores sobem no pregão. Além da Vale, que responde por mais de 14% de peso na cesta de ativos do Ibovespa, as demais siderúrgicas seguem na mesma esteira - CSN, Usiminas e Gerdau subiam 1,55%, 4,09% e 1,29%, respectivamente. Dados atualizados às 16h19.

Após operarem mistos, os grandes bancos mudaram a direção e passaram a subir na Bolsa. Às 16h21, o Itaú, Bradesco e Santander valorizavam 2,81%, 2,43% e 1,49%, nesta sequência.

Entre as principais altas desta quarta-feira na Bolsa, destacam-se a Locaweb, Cielo, Banco Inter e Banco Pan - 4,24%, 2,82%, 4,02% e 4,44%, nesta ordem. Dados atualizados às 16h22.

Já entre as maiores quedas estão o Iguatemi, PetroRio e Natura baixa de 3,63%, 3,88% e 3,67%, respectivamente, no mesmo horário.

Exterior: dados e ata do Fomc

Nos Estados Unidos, a agenda econômica cheia, com a divulgação de novos indicadores econômicos, a partir das 10h30 (horário de Brasília), e a ata da última reunião do Fomc (Copom americano), às 16h, movimentam os ativos e mantém os investidores em compasso de espera. Por lá, as bolsas operam com bastante volatilidade.

Às 16h25, o índice S&P 500 caía marginalmente 0,01%, enquanto Dow Jones e Nasdaq 100 recuavam 0,20% e 0,02%, nesta sequência.

Na véspera do feriado de Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, os investidores se posicionam com a publicação de vários indicadores importantes do país. São números importantes que, segundo Pietra Guerra, especialista de ações da Clear Corretora, indicam como está o ritmo das atividades nos Estados Unidos.

Um dos primeiros a serem publicados foi o volume de pedidos de auxílio-desemprego no país, que apontou recuo de 71 mil solicitações na semana encerrada em 20 de novembro, totalizando 199 mil, com ajuste sazonal. Segundo o Departamento do Trabalho, esse é o menor nível do indicador desde 1969.

O resultado ficou abaixo da expectativa dos analistas, que previam 260 mil pedidos. O total de solicitações da semana anterior foi revisado para cima, de 268 mil a 270 mil. Já o número de pedidos continuados apresentou queda de 60 mil na semana encerrada em 13 de novembro. 

O Departamento do Comércio informou que o núcleo de pedidos de bens duráveis avançou 0,5%, número em linha com o consenso dos analistas. Já o pedido de bens duráveis, que inclui o setor de transportes, caíram 0,5%, ante expectativa de 0,2%.

Já o Produto Interno Bruto (PIB) americano avançou 2,10% no terceiro trimestre, abaixo da mediana de 2,2% projetada pelo mercado. É a segunda estimativa oficial para o principal índice econômico dos EUA.

Os juros dos Treasuries recuam nesta quarta-feira, após estenderem ganhos na véspera com a ajustes nas expectativas para a elevação da taxa básica de juros no país, após o presidente americano, Joe Biden, indicar Jerome Powell a um segundo mandato à frente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano). A escalada dos juros provocou uma rotação de ações do setor de tecnologia em direção ao financeiro no dia anterior.

Para a LPL Markets, o presidente Joe Biden escolheu a continuidade e a familiaridade com as nomeações para o Fed. "Jerome Powell em vez de Lael Brainard é o que os mercados esperavam, então achamos que os mercados estão aliviados porque a incerteza da liderança do Fed agora está fora do caminho", avalia a consultoria.

Para o Brown Brothers Harriman, a decisão de Biden de reconduzir Powell foi vista como "marginalmente mais duro", já que Brainard é considerada mais “leve” em alguns assuntos.

De acordo com monitoramento feito pelo CME Group, no dia anterior, as apostas de operadores de mercado em alta de juros nos EUA em maio somavam 54,6%.

Sobre a ata do Fomc, de acordo com Filipe Teixeira, sócio da Wisir Research, as discussões mais importantes giram em torno dos critérios para uma redução mais rápida das compras de ativos. As tendências da inflação sugerem que o Fed precisa começar a apertar a política monetária mais cedo do que sinalizava anteriormente.

O amortecimento da inflação está agora no centro do palco para os formuladores de políticas, constituindo um teste para os mercados à medida que as configurações monetárias da “era da pandemia” estão se tornando mais restritivas.

Na Europa, o cenário também é negativo, em meio a uma piora das perspectivas para a atividade econômica na Alemanha e na região, em meio à quarta onda de covid-19 no continente europeu.

Nesse contexto, Fabio Panetta, dirigente do Banco Central Europeu (BCE), destacou também hoje a existência de riscos de baixa à perspectiva regional.

O índice Ifo de sentimento das empresas na Alemanha recuou de 97,7 em outubro a 96,5 na leitura para novembro, informou o instituto. Analistas previam a marca de 96,4.

O índice para as condições atuais passou de 100,1 em outubro para 99,0 em novembro. Já o de expectativas caiu de 95,4% no mês anterior a 94,2% em novembro.

Na Ásia, os mercados acionários fecharam sem direção única nesta quarta-feira. Na volta do feriado, o índice Nikkei fechou em baixa de 1,58%, aos 29.302 pontos, em Tóquio. A bolsa japonesa foi influenciada pelo aumento das apostas de alta de juros adiante nos Estados Unidos, após o presidente Joe Biden indicar nesta semana Jerome Powell para novo mandato à frente do Fed.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em alta de 0,10%, aos 3.592 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, ficou estável, aos 2.637 pontos. Ações de bens de consumo e serviços se saíram bem, com expectativa de maior demanda com a proximidade da temporada de feriados de fim de ano. Fabricantes de bebidas e produtoras de filmes avançaram, mas papéis ligados ao agronegócio se saíram mal, com a recente fraqueza dos preços da carne de porco.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,14%, aos 24.685 pontos, após oscilar entre perdas e ganhos durante o pregão. A alta ocorreu apesar do recuo de papéis do setor de tecnologia nesta quarta no mercado local.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi terminou em queda de 0,10%, aos 2.994 pontos, perdendo fôlego durante o pregão.

Ações de empresas de transporte marítimo, companhias aéreas e papéis ligados a viagens em geral recuaram, enquanto construção, alimentos e petróleo estiveram entre os setores que exibiram ganhos. Preocupações com nova onda de casos da covid-19 no país também estiveram no radar.

Em Taiwan, o índice Taiex fechou em baixa de 0,13%, aos 17.642 pontos.

Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 registrou queda de 0,15%, aos 7.399 pontos. Ações de produtores de energia subiram, mas outros setores, como o financeiro, tiveram dia negativo, com papéis de tecnologia também em baixa. / com Tom Morooka e Agência Estado

Sobre o autor
Julia Zillig
Julia ZilligRepórter do Portal Mais Retorno.