Empresa

A Lojas Americanas e a B2W celebraram acordo para a combinação operacional das duas empresas, com a cisão parcial dos ativos da Lojas Americanas que serão incorporados pela B2W (Amercianas.com, Submarino e Shoptime).

O Comitê Independente formado pela B2W propôs à administração a relação de troca de ações na incorporação. Assim, para cada 1 ação ON ou PN da Lojas Americanas, os acionistas receberiam 0,18 ação da B2W.

lojas americanas - divulgação
Fusão entre Lojas e Americanas e B2W tem como objetivo fazer frente à Magalu e ao Mercado Livre - Foto: Divulgação

Assim, seriam emitidos 339.355.391 novos papéis desta última. Essa proposta ainda terá que ser aprovada pelos acionistas das duas companhias. E devem ser votadas em assembleias gerais no dia 10 de junho, segundo o blog do jornalista Lauro Jardim.

Após a operação, 100% das operações das duas empresas passarão a ser desenvolvidas pela B2W, e a proposta é que a empresa passe a se chamar americanas s.a (em minúsculas mesmo).

O custo da cisão parcial da Lojas Americanas, de acordo com o documento de Protocolo e Justificação da operação, será de R$ 98,1 milhões.

Segundo p jornalista Lauro Jardim, a operação entre Lojas Americanas e B2W teria como objetivo enfrentar Magalu e Mercado Livre. Trata-se de uma integração de as lojas físicas com as vendas digitais em uma única plataforma. Com isso, a nova empresa teria condições de entrar na briga entre gigantes do varejo./Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Veja mais Ver mais