Logo Mais Retorno
Empresa

JBS vacina colaboradores de seus frigoríficos nos EUA

As vacinas contra a Covid-19 estão chegando aos braços dos trabalhadores dos frigoríficos nos Estados Unidos. Nesta segunda-feira, a subsidiária americana da brasileira JBS anunciou que…

Data de publicação:15/03/2021 às 16:09 -
Atualizado um ano atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

As vacinas contra a Covid-19 estão chegando aos braços dos trabalhadores dos frigoríficos nos Estados Unidos. Nesta segunda-feira, a subsidiária americana da brasileira JBS anunciou que a vacina contra o vírus está sendo aplicada nos colaboradores da companhia.

Até o momento, segundo comunicado do grupo, cerca de 14 mil colaboradores foram vacinados, sendo que mais 7 mil ainda devem receber a dose de imunização ao longo desta semana.

Isso significa que até a próxima sexta-feira, a empresa terá mais de um terço de seus 60 mil funcionários imunizados com pelo menos uma dose da vacina.

JBS EUA aplica vacina em seus colaboradores

Essa força-tarefa inclui integrantes da JBS USA e membros da Pilgrim’s, empresas controladas pela JBS brasileira, em diversos estados americanos.

“A empresa tem trabalhado em estreita colaboração com autoridades estaduais, departamentos de saúde locais e parceiros sindicais para incentivar a vacinação da força de trabalho essencial na produção de alimentos pra o nosso país’, disse a companhia em nota”.

Contaminação nos frigoríficos

No início de março, empresas e dirigentes de vários sindicatos de trabalhadores do setor nos Estados Unidos relataram morosidade no processo de vacinação dos funcionários.

Segundo eles, surtos do vírus chegaram a paralisar matadouros e milhares de colaboradores ficaram doentes.

De acordo com levantamento desses sindicatos, em todo o país 22 mil trabalhadores de frigoríficos foram infectados ou expostos ao vírus. Cerca de 130 funcionários morreram.

O movimento de vacinação na JBS EUA acontece no mesmo mês em que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que o país terá vacina contra a Covid-19 para todos os adultos até o final de maio.

Sobre o autor
Julia Zillig
Repórter do Portal Mais Retorno.