Empresa

A transmissora Isa Cteep encerrou o primeiro trimestre com um lucro líquido de R$ 308,1 milhões, mantendo-se estável ante o mesmo período de 2020, cujo montante foi de R$ 308,3 milhões.

A receita líquida da companhia nos três primeiros meses do ano foi de R$ 853 milhões, aumento de 16% ante os meses de janeiro, fevereiro e março de 2020.

Foto: envato
Transmissão de energia elétrica no Brasil - Foto: Envato

O Ebitda no período foi de R$ 696,8 milhões, alta de 16,7% perante o primeiro trimestre do ano anterior – R$ 597,1 milhões. Já o Ebtida ajustado totalizou R$ 770,4 milhões, elevação de 28,4% ante o mesmo período de 2020.

"O destaque dos primeiros três meses deste ano é o avanço na estratégia de crescimento da companhia que, além de concluir a aquisição da PBTE, tem investido, especialmente, em reforços e melhorias de seus ativos, que garantem mais qualidade e segurança do fornecimento de energia”, destacou o presidente da Isa Cteep, Rui Chammas.

No total, a companhia investiu R$ 291 milhões no primeiro trimestre de 2021 em novos projetos e modernização dos ativos, um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o balanço, o maior volume foi alocado aos novos projetos greenfield (abertura de novos mercados ou atividades inovadoras), de R$ 232 milhões, com destaque a Interligação Elétrica Aguapeí (SP), em janeiro, além da conclusão do processo de licenciamento e início das obras das linhas de transmissão da Interligação Elétrica Biguaçu (SC). A expectativa é trabalhar em mais três a quatro projetos em 2021, com investimento acima de R$ 1 bilhão.

“Temos potencial para dobrar esses investimentos, a serem entregues com crescimento gradual e sustentável, unindo eficiência e rentabilidade", disse Rui Chammas, diretor-presidente da Isa Cteep.

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais