Logo Mais Retorno
Fundos de Investimentos

Fundos multimercado: conheça os campeões em 12 meses, e a carteira do de maior patrimônio

Fundo com maior rendimento em 2022 é o BTG Pactual Economia Real Feeder, de 63% em cinco meses

Data de publicação:22/06/2022 às 05:00 -
Atualizado 7 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Os dez fundos multimercado mais bem performados em 12 meses estão entregando melhor rentabilidade que os fundos de ações e os de renda fixa em igual período. Na lista dos dez mais rentáveis dessa classe de ativos, o destaque fica com o SPX Raptor Feeder IE FIC FIM CP. 

Não propriamente por ocupar as primeiras posições do ranking, em desempenho de 12 meses, mas por ser o detentor da maior musculatura patrimonial entre os pares.

FundoRend. 12 mesesRend. 2022Patrimônio em
milhões R$
Nº de cotistas
FIM Tesouraria 1B FIM CP356,50%26,54% 21,154 65
Bozano Growth Advisory FIC FIM 72,14% -5,25% 125,821 108
Safra Direct Carbono Reais FIM 67,87% 9,08% 83,339 2.008
BTG Pactual Economia Real Feeder 67,82% 62,73% 239,217 303
CSHG Canary Venture Capital 65,32% 18,37% 74,780 83
Trend Commodities FIM 57,13% 41,88% 172,26913.498
G5 Allocation VC 50,12% 1,07% 142,582 154
Safra Direct Carbono USD FIM 47,83% -9,14% 39,838 904
Vítreo Petróleo FIM 46,60% 28,33% 23,370 3.168
SPX Raptor Feeder IE 44,84% 35,79% 2.954,292 174
Fonte: Mais Retorno

Levantamento da Mais Retorno, que considera fundos em operação há no mínimo um ano, com patrimônio a partir de R$ 17 milhões e abertos ao público, aponta que é o SPX Paptor Feeder o de maior patrimônio líquido, com R$ 2,9 bilhões, e 174 cotistas.

Embora não esteja nas primeiras colocações, em performance, o SPX Feeder também não faz feio no ranking de 12 meses e do ano.

O fundo entrega uma rentabilidade de 44,84%, na décima posição, com uma volatilidade baixa, de 19,61%, em 12 meses. Volatilidade é uma referência à oscilação do preço dos ativos em carteira, vale dizer, às variações do valor das cotas dos fundos, em determinado período.

A carteira do máster

O SPX Raptor Feeder aloca 100% dos recursos da carteira em cotas de um fundo máster, o SPX Raptor Master FI Exterior Multimercado CP. Esse fundo espelho, que o SPX Raptor replica, investe a maior parte dos recursos, 39,97% ou R$ 6,06 bilhões, em ativos no exterior. Uma composição que explica a boa rentabilidade do fundo.

fundos multimercado

Operações compromissadas e títulos públicos, como Notas do Tesouro Nacional (NTN) e Letras Financeiras do Tesouro (LFT), também ocupam boa fatia da carteira desse fundo.

Em relação ao benchmark, o CDI, a performance do SPX Raptor Master FI Exterior, de 1.178% supera em quase 10 vezes a variação acumulado do CDI, de 163%, no período de de dezembro de 2010, início do fundo, até junho deste ano.

No ano, em cinco meses, o SPX Raptor Feeder melhora ainda mais sua posição no ranking dos fundos multimercado mais rentáveis. Escala vários degraus, para a terceira colocação, com rentabilidade acumulada de 35,79% e uma volatilidade de 26,37% no período.

O líder em rendimento

O líder no ranking de rentabilidade em 12 meses é o FIM Tesouraria 1B Fim CP. Com patrimônio de R$ 21,1 milhões, o fundo entregou nada menos de 356,50% de rendimento aos cotistas. O robusto ganho, no entanto, foi obtido com exposição a uma volatilidade de 144,65%, à custa, portanto, de forte oscilação de ativos da carteira no período de 12 meses.

Já o segundo colocado, o Bozano Growth Advisory FIC FIM, tem a gestão da XP, acumulou uma rentabilidade de 72,14% no período e com grau de volatilidade mais baixa, de 80,89%.

O campeão em rendimento em 2022 é o BTG Pactual Economia Real Feeder I FIM, com rentabilidade de 62,73% (volatilidade de 96,98%). Em 12 meses, ele fica na quarta colocação, com 67,82%. (volatilidade de 96,98%)

O Trend Commodities FIM é outro fundo que tem a gestão da XP, apresenta o maior número de cotistas entre os mais rentáveis, 41,88% nos cinco primeiros meses do ano, e 57,13% em 12 meses (volatilidade de 30,50%).

O Safra emplaca dois de seus fundos, um exposto ao real na terceira colocação (Safra Direct Carbono Reais FIM) , outro ao dólar, na oitava (Safra Direct Carbono USD FIM).

O CSHG Canary Venture Capital, na quinta posição, tem quase a totalidade de seus recursos aplicados no exterior; o G5 Allocation tem 98% da carteira em cotas de outros fundos; e o Vítreo Petróleo tem a maior parte do patrimônio em operações compromissadas em títulos públicos e títulos públicos, mais de 67%, e parcelas menores em petroleiras: Petro, 3R Petroleum, e PetroRio.

Sobre o autor
Tom Morooka
Colaborador do Portal Mais Retorno.