Economia

Focus: para 2021, inflação sobe para 5,06% e Selic se mantém em 5,50%

O mercado projetou novas alterações para a inflação e câmbio para 2021, segundo Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 10. A mediana do Índice de Preços ao…

Data de publicação:10/05/2021 às 12:36 - Atualizado 7 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O mercado projetou novas alterações para a inflação e câmbio para 2021, segundo Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 10.

A mediana do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação do País, segue subindo. De 4,85%, nas últimas quatro semanas, aumentou para 5,04% na semana anterior, e para 5,06% na última pesquisa. Para o próximo ano, o IPCA prosseguiu em 3,61%, e em 2023, ficou estacionada em 3,25%.

Foto: Freepick
Para 2021, inflação sobe, Selic se mantém em 5,50 e PIB ganha um incremento de 0,7% - Foto: Freepick

A taxa Selic, que é considerada a taxa básica de juros do País, ficou estável em 5,50%. Há quatro, a previsão era de 5,25%. Para 2022, foi mantida em 6,25%, estimativa apontada na última semana. E para 2023, permaneceu em 6,50%.

PIB mais alto

Já as expectativas sobre o Produto Interno Bruto (PIB) seguem um pouco mais otimistas. Subiu de 3,14% na última semana para 3,21%. Há quatro semanas, o índice era de 3,08%.

Para 2022, o índice aumentou 0,2 pontos percentuais – de 2,31% foi para 2,33%. E ficou estabilizado em 2,50% para o ano seguinte.

5 dias úteis

A projeção para o IPCA de cinco dias úteis aumentou 0,5 ponto percentual. De 5,10%, na semana anterior, para 5,15%. Há quatro semanas, a estimativa era de 4,92%.

Câmbio, IGP-M e balança comercial

Para o câmbio em 2021, os economistas do mercado projetaram um recuo de 0,5 ponto percentual no valor da moeda americana. Passou para R$ 5,35, contra R$ 5,40 na semana anterior. Em 2022, de acordo com o Focus, o valor do câmbio deve se manter em R$ 5,40. E em R$ 5,20 para 2023.

O IGP-M, que sinaliza a movimentação dos preços e a correção no aluguel, deve ficar maior para 2021, segundo o Focus. De acordo com o novo boletim, o índice subiu de 14,32%, na última semana, para 14,81%. Nas últimas quatro semanas, a expectativa era de 12,66%.

Para o ano seguinte, os economistas também reajustaram suas projeções para o IGP-M, em 0,3 ponto percentual. De 4,15%, na última semana, para 4.18%. E se manteve em 4,00% para 2023.

As projeções da balança comercial para 2021 mantiveram a expectativa em US$ 64 bilhões. Em 2022, o montante deve ser menor. De US$ 56,50 bilhões, na última semana, caiu para US$ 55,02 bilhões. E se manteve estável em US$ 55,45 para o ano seguinte.

Sobre o autor
Julia Zillig
Repórter do Portal Mais Retorno.
Câmbio paralelo

Câmbio paralelo

O que é câmbio paralelo? Câmbio paralelo é a conversão do Real por uma outra moeda estrangeira no mercado paralelo. Nesse contexto, é bastante comum também...

  CONTINUAR LENDO