Logo Mais Retorno
Empresa

Equatorial compra a Echoenergia, especializada em energias renováveis, por cerca de R$ 6,7 bi

Aquisição da nova empresa permitirá a ampliação de sua capacidade operacional

Data de publicação:29/10/2021 às 08:16 -
Atualizado 8 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A Equatorial Energia anunciou, na noite desta quinta-feira, 28, a compra da Echoenergia, especializada em energias renováveis, pelo valor aproximado de R$ 6,7 bilhões. O acordo da operação foi assinado com o fundo de investimentos Ipiranga.

De acordo com a companhia, a aquisição permitirá a ampliação da sua capacidade operacional, contribuindo para a consolidação de sua posição no setor elétrico brasileiro. A Echoenergia atua sobretudo com energia eólica.

Foto: Reprodução
Compra da Echoenergia promoverá expansão da capacidade operacional da Equatorial - Foto: Envato

O objetivo da Equatorial é ampliar a atuação no segmento de geração renovável (eólica e solar), a que mais deve crescer nos próximos anos, conforme o Plano Decenal de Expansão de 2019-2029, atingindo participação de cerca de 24% da capacidade instalada total no Brasil.

O valor da compra está sujeito a correção pela variação do CDI desde a data base (dezembro de 2020) até a data de fechamento. A conclusão da operação está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A XP Investimentos atuou como assessor financeiro da Equatorial Energia e os escritórios Cescon, Barrieu, Flesch & Barreto Advogados e Norton Rose Fulbright trabalharam como assessores jurídicos na operação. Já o fundo Ipiranga foi assessorado pelo Banco Credit Suisse e pelo Banco BTG Pactual, além dos escritórios Matos Filho Advogados e Clifford Chance.

Saneamento básico

No mês passado, a empresa anunciou, por meio de fato relevante, que venceu a disputa pela concessão de saneamento básico no estado do Amapá, realizada na véspera.

De acordo com o documento apresentado pela empresa, a oferta da Equatorial foi de uma outorga, que será destinada aos municípios, de R$ 930 milhões e um desconto de 20% na tarifa dos usuários.

Além deste valor, a companhia deve desembolsar, também, R$ 880 milhões, já que o edital do leilão exigia que o vencedor terá de pagar, ainda, um valor adicional ao governo estadual, equivalente ao ágio oferecido.

O valor total do negócio ficou em R$ 1,8 bilhão. Com a conquista, a empresa assume um contrato de 35 anos e tem previsto um investimento de R$ 3 bilhões nas 16 cidades amapaenses em que vai desenvolver o serviço - 90% da população total do estado.

Esta é a segunda vitória da Equatorial no Amapá em termos de operações importantes. Em julho deste ano, a empresa venceu o leilão de privatização Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), a distribuidora de energia do Estado. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!