Empresa

A Apple é uma das maiores empresas multinacionais em produtos eletrônicos em todo mundo e um dos grandes sucessos do mercado de investimento deste século. Em 2020, a empresa de Steve Jobs obteve recordes de lucros, receitas e seus Dividendos superaram o valor de 20 bilhões de dólares. 

Nos últimos dois anos, o valor das ações da Apple duplicou e atualmente a empresa é a primeira nos Estados Unidos a atingir US$ 2 trilhões em capitalização de mercado. As ações da Apple são uma das mais populares entre os investidores. 

Rentabilidade alta durante a pandemia

Mesmo pertencendo ao setor de tecnologia, onde a rentabilidade é baixa, a Apple, em 2020, teve um aumento de 145% no preço de suas ações, mesmo durante a pandemia do Covid-19.

Entre os anos de 2000 e 2010, a Apple obteve sucesso mundial por conta dos seus produtos eletrônicos. O Iphone e o Ipad apresentaram multifunções que mudaram a mobilidade tecnológica. Na última década, esses produtos foram democratizados e atingiram a maturidade. Além disso, a empresa americana enfrenta concorrentes chineses pesados como ZTE, Huawei e Xiaomi. 

Mesmo diante desse cenário, a Apple paga um dividendo por ação aos seus acionistas, o que tem aumentado a cada ano. Os dividendos da Apple são considerados muito sólidos a longo prazo. Isso mostra que a empresa está criando valor para seus acionistas. 

Mas afinal, como funciona o mercado de ações?

Mercado de ações

O mercado de ações é o ambiente em que empresas que possuem capital aberto negociam pequenas ou grandes frações do seu patrimônio. As operações de compra e venda podem acontecer em mercados de balcão ou na bolsa de valores. 

Essas empresas vão disponibilizar suas ações, também conhecidas como papéis, ao mercado. Quanto mais compradores estiverem interessados nas ações, mais seu valor aumenta e a empresa arrecada dinheiro. 

Quando um investidor compra um lote de ações de determinada empresa, ele acredita que as mesmas vão se valorizar e, por consequência, terá lucros, seja vendendo as ações por um preço maior do que comprou, seja por meio dos dividendos. 

Como funcionam os dividendos?

Ao comprar um lote de ações, o acionista começa a ter parte da empresa, incluindo os direitos sobre os lucros. Os dividendos são parte dos lucros que uma determinada empresa paga aos seus acionistas, como forma de bonificação ao investimento realizado. Os dividendos podem ser pagos de duas formas: ações adicionais ou em dinheiro. 

Normalmente a cada trimestre os rendimentos e os gastos são mensurados, incluindo impostos a serem pagos. Em caso de lucro, a empresa deve decidir quanto deve ser distribuído aos acionistas. A Lei brasileira obriga uma porcentagem mínima de lucro a ser distribuído pelas sociedades anônimas – 25%. 

Após determinar o valor total que será distribuído como dividendo com base na quantidade de ações no mercado, a empresa divulga os valores e a data de pagamento desses dividendos. 

Em geral, os dividendos são computados como um valor por ação. Entre outras palavras, cada acionista recebe um valor com base na quantidade de ações que possui em carteira. Por exemplo, se um acionista tem 50 ações de uma determinada empresa e ela decide pagar um dividendo anual de R$ 8,oo por ação, o seu dividendo será de:

50 ações x R$ 8,00 por ação = 400 reais de dividendos anuais. 

Ações da Apple

Em 1980, as ações da Apple entraram no mercado com o valor de US$ 22,00 e até hoje elas são procuradas e famosas, e até aparecerem em um dos filmes mais importantes do cinema americano – Forrest Gump. Desde sua fundação, a Apple conta com uma capitalização crescente até os dias atuais. 

Atualmente, a Apple vale aproximadamente 1 trilhão de dólares e suas ações valem em torno de US$ 130,00. Para investir em ações da Apple, o investidor brasileiro tem dois caminhos. O primeiro caminho é investir diretamente nas bolsas americanas – Nasdaq ou Bolsa de Nova York, por meio de uma empresa financeira internacional, sendo que seu código de negócio é o AAPL.

No mercado brasileiro, é possível investir em ações da Apple por meio da bolsa de valores, utilizando os BDRs (Brazilian Depositaries Receipts). Os BDRs são certificados que constituem as ações emitidas por empresas estrangeiras, porém negociadas no pregão nacional. A BDR da Apple tem o seguinte código de negociação no Brasil – AAPL34.

Tipos de ações

A Apple disponibiliza no mercado dois tipos de ações:

A quantidade mínima de ações da Apple para comprar é uma ação apenas. No entanto, o investidor precisa levar em consideração que um número baixo de ações não compensa pelo preço das taxas de corretagem e outros custos. 

Dividendos Apple

Como dito anteriormente, os dividendos são uma parte dos lucros da empresa referente a um determinado período. As empresas não são obrigadas a pagar dividendos, sendo que todo método e política de dividendos e seus cálculos devem constar no contrato de sociedade da empresa. 

Entre 1996 a 2013, as ações da Apple não pagaram dividendos. Acredita-se que era um período de investimento para aprimorar os produtos como Iphone e Ipad que revolucionaram o mundo nesse tempo. Em 2017, as ações da empresa de Steve Jobs foram as maiores pagadoras de dividendos em todo o mundo.

Recorde em 2020

Em outubro do ano passado, a Apple anunciou os resultados financeiros do quarto trimestre. A empresa registrou a maior receita do trimestre, no valor de US $64,7 bilhões, sendo que o lucro foi diluído em US $0,73 por ação. De acordo com Tim Cook, CEO da Apple, as vendas internacionais representaram quase 60% da receita do trimestre. Mesmo com o impacto causado pela Covid-19 no mercado de tecnologia, a Apple inovou e bateu um recorde histórico com a venda de Mac e outros serviços. 

Segundo o CFO da Apple, Luca Maestri, o desempenho da empresa foi incrível no ano fiscal de 2020, com recordes de lucro por ação, receita e fluxo de caixa livre. Ele também afirmou que foram devolvidos 22 bilhões de dólares aos acionistas no quarto trimestre, pagando dividendos em espécie no valor de US $0,205 por ação ordinária da Apple. Os dividendos foram pagos no dia 12 de novembro de 2020. 

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Renda Variável
Empresa
Renda Variável