Empresa

A Camil Alimentos, uma das maiores do setor no Brasil, registrou lucro líquido de R$ 462,7 milhões no ano fiscal de 2020 - março de 2020 a fevereiro de 2021.

O resultado corresponde a um aumento de 93,1% ante igual período do ano anterior -R$ 239,6 milhões. O lucro por ação atingiu R$ 1,25, alta de 93,1%. A receita líquida em 2020 foi de R$ 7,466 bilhões, representando crescimento de 38,4% ante ano anterior - R$ 5,396 bilhões.

Biscoito de arroz da Camil Alimentos - Foto: Reprodução

No ano, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 787,0 milhões, aumento de 78,2% em comparação com 2019 - R$ 441,7 milhões - com margem Ebitda de 10,5%, aumento de 2,4 pontos percentuais.

De acordo com a companhia, em relatório, em 2020 “nos deparamos com um cenário de patamares elevados de custo de aquisição de insumos e matéria-prima em nossas categorias que, em conjunto com a elevada demanda no setor na corrida aos supermercados no início da pandemia - seguida da normalização dos estoques no segundo semestre - trouxe volatilidade e desafios adicionais de volumes e suprimentos em nossas operações”.

4º trimestre de 2020

No quatro trimestre de 2020 - dezembro de 2020 a fevereiro de 2021 - o lucro líquido da Camil Alimentos alcançou R$ 85,1 milhões, representando aumento de 1,7% ante igual período anterior -R$ 83,6 milhões.

A margem foi de 4,6%, queda de 1 ponto porcentual no período. O lucro por ação no trimestre foi de R$ 0,23, alta de 1,7%.

A receita líquida da companhia no quarto trimestre foi de R$ 1,831 bilhão, aumento de 22,7% ante período anterior - R$ 1,491 bilhão.

O Ebitda do trimestre cresceu 6,5% em comparação com igual período anterior, saindo de R$ 137,1 milhões em 2019 para R$ 146,0 milhões em 2020. A margem foi de 8,0%, queda de 1,2 ponto porcentual no período. / com Agência Estado

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais