Logo Mais Retorno
Empresa

Americanas perde R$ 3,5 bi em valor de mercado, em dois pregões, após ataque hacker

Site continua fora do ar, e ação despencou 12% em dois pregões, ao preço de R$ 29,79

Data de publicação:23/02/2022 às 00:30 -
Atualizado 3 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A Americanas (AMER3) perdeu R$ 3,486 bilhões (11,65%) de seu valor de mercado em dois dias de negociação na B3. Caiu de R$ 29,913 bilhões na sexta-feira, 18, para R$ 26,426 bilhões (R$ 1,978 bilhão na segunda-feira e R$ 1,508 bilhão na terça). Os dados são de cálculo da Economatica.

Suas ações despencaram 12,37% na semana: 6,61% na segunda-feira (21), e 5,40% nesta terça-feira (22), cotadas a R$ 29,79.

americanas
Fachada de uma das lojas da Lojas Americanas

Avaliação do mercado sobre Americanas

O prejuízo da Americanas com o site fora do ar, “por questões de segurança”, desde o fim de semana, vai além do valor de mercado. A XP estima, a partir da projeção de receita do canal online para o primeiro trimestre, um valor médio de vendas em torno de R$ 65 milhões por dia.

Com o canal de vendas online fora de operação desde sábado, a XP calcula o impacto até o momento de cerca de R$ 250 milhões. O valor representa aproximadamente 3% da receita bruta estimada para o trimestre pela equipe de análise da casa ou cerca de 1% do valor de mercado da empresa.

A companhia comunicou no sábado, 19, que “suspendeu preventivamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste sábado (19/02), assim que identificou risco de acesso não autorizado”.  A empresa informou que os ambientes haviam sido normalizados às 15h16 do mesmo dia, sem sinais de comprometimento na base de dados.

No domingo, contudo, a companhia voltou a suspender parte dos servidores e informou que “acionou prontamente seus protocolos de resposta, assim que identificou acesso não autorizado”. As lojas físicas não suspenderam as atividades, de acordo com a Americanas.

Para quem se pergunta se vale a pena investir em ações da Americanas (AMER3), a equipe de analistas da XP diz que o episódio é negativo para a empresa, já que as vendas pelo canal online respondem por cerca de 60% das receitas da Americanas.

A empresa informou aos usuários que reclamaram da demora no recebimento de produtos pelo Twitter que a instabilidade do site pode causar atrasos em entregas, sem dar indicação de quando os serviços podem voltar à normalidade.

Problemas continuam

“A companhia informa que, por questões de segurança, suspendeu proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce e atua com recursos técnicos e especialistas para normalizar com segurança o mais rápido possível. Por isso, a entrega de seu produto pode sofrer atraso”, em resposta no fim do dia de ontem.

As ações da Americanas recuaram 5,4% nesta terça-feira, para R$ 29,79. Empresas rivais, como Via (VIIA3) e Magazine Luiza (MGLU3), que podem ser beneficiadas por problemas com a concorrente, fecharam com altas de 2,93% e 0,83%, respectivamente.

A empresa continuava com o site fora do ar na noite desta terça-feira. Analistas da XP dizem que é importante monitorar quanto tempo a empresa levará para normalizar as operações para avaliar melhor o potencial impacto da suspensão nas vendas da companhia. “Mantemos nossa recomendação neutra e preço-alvo de R$ 40/ação”.

Sobre o autor
Tom Morooka
Colaborador do Portal Mais Retorno.