Empresa

O Magazine Luiza anunciou, na madrugada desta quinta-feira, 15, a compra do site de e-commerce KaBuM!, por R$ 1 bilhão e a emissão de mais 75 milhões de ações. Com a notícia, os papéis da varejista saltaram 3,45%, neste pregão. O valor final fica em cerca de R$ 3,5 bilhões, o que leva a empresa a fazer a maior aquisição de sua história.

Pela Netshoes - uma das maiores compras da empresa - a varejista desembolsou US$ 62 mi.

Foto: Kabum/Reprodução
Aquisição do KaBuM! pelo Magalu reforça a presença da varejista no mercado de games - Foto: KaBuM!/Reprodução

Segundo o Magalu em fato relevante, a nova empresa que entra para o portfólio da varejista – entre 2020 e 2021, o Magazine Luiza adquiriu mais de 20 startups – reforça a presença da varejista no universo jovem e geek. Recentemente, a varejista comprou o site Jovem Nerd e o CanalTech.

“Com a aquisição, o Magalu reforça o pilar estratégico de novas categorias, com um sortimento extremamente complementar ao atual e com enorme potencial de crescimento”, aponta a companhia.

A varejista destaca que, após a conclusão do negócio, ambas as empresas poderão aproveitar uma série de oportunidades. Os produtos do KaBuM! serão oferecidos no superapp do Magalu, assim como diversos itens do Magalu, como smartphones e TVs farão parte do sortimento de opções oferecidas pelo site de games.

Fundado em 2003, o KaBuM! foi um dos pioneiros no comércio eletrônico brasileiro e hoje se destaca no mundo da tecnologia e games, oferecendo aos seus mais de 2 milhões de clientes ativos os maiores lançamentos no mercado mundial.

Além do pagamento à vista de R$ 1,0 bilhão e 75 milhões de ações, companhia pode emitir mais 50 milhões de ações aos acionistas do KaBuM! em janeiro de 2024, caso atinja algumas metas.

Vendas e crescimento

No ano passado, impulsionadas pela pandemia, as vendas do KaBuM! mais do que dobraram, crescendo 128% em relação a 2019. Nos primeiros cinco meses de 2021, o KaBuM! continuou evoluindo de forma acelerada, com 62% de crescimento comparado ao mesmo período de 2020.

Nos últimos 12 meses, o KaBuM! superou a marca de R$ 3,4 bilhões em receita bruta. No mesmo período, com um modelo de negócio altamente eficiente, o KaBuM! obteve lucro líquido de R$ 312 milhões.

Com mais de 20 mil itens, o e-commerce possui um sortimento de computadores, hardwares (placas de vídeo, memória, processadores, placas de som, telas), periféricos (teclados, mouse, câmeras, cabos, adaptadores), produtos para o universo gamer e para casa inteligente (câmeras, lâmpadas, assistentes virtuais, automação, entre outros).

A operação está sujeita à aprovação do Conselho Administrativa de Defesa Econômica (Cade).

O que pensa o mercado

Para o gerente de Research da Ativa Investimentos, Pedro Serra, a notícia da aquisição foi positiva. “O valor da aquisição ultrapassa os R$ 3,0 bilhões, sendo R$ 1bi pago em dinheiro e o restante em ações da varejista. Consideramos os valores envolvidos, sem considerar sinergias, favorável para as ações da companhia na Bolsa”.

Segundo Serra, ele acredita que não haverá dificuldades de aprovação da operação junto ao Cade.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais