Logo Mais Retorno
Economia

45 bilhões de wons é uma boa quantia? Entenda os valores de Round 6

Se você é um fã do universo cinematográfico, então provavelmente já ouviu falar da série coreana Round 6, que bateu diversos recordes de audiência na plataforma da…

Data de publicação:22/11/2021 às 13:57 -
Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Se você é um fã do universo cinematográfico, então provavelmente já ouviu falar da série coreana Round 6, que bateu diversos recordes de audiência na plataforma da Netflix.

A história é relativamente simples: diversas pessoas endividadas são convidadas a participar de um jogo cujo vencedor se tornaria milionário — e, naturalmente, resolveria todos os seus problemas financeiros.

O problema é que, para vencer o desafio, os participantes precisam colocar a própria vida em risco. Isso mesmo: os eliminados de cada fase da competição são mortos. É justamente essa adrenalina que, em conjunto a outros fatores, levou bilhões de pessoas a assistirem o conteúdo.

Round 6 e o mercado financeiro: os efeitos do sucesso da série coreana

Mas... O que a série Round 6 tem a ver com o mercado financeiro?

Por mais que o foco do conteúdo seja o entretenimento, existem algumas relações interessantes com o universo das finanças. E isso vale tanto para investimentos, como também para algum conteúdo educativo.

Vamos então conhecer algumas curiosidades interessantes que relacionam Round 6 com o nosso amado mercado financeiro.

Qual seria o prêmio do jogo em reais?

O grande foco do enredo de Round 6 está na possibilidade de grandes ganhos financeiros ao vencedor do jogo. São, afinal, incríveis 45,6 bilhões de wons, a moeda coreana.

No entanto, será que esse prêmio despertaria o mesmo deslumbramento se fosse disputado no Brasil? Ou a quantia não resolveria os problemas de endividamento da nossa população?

Para satisfazer a sua curiosidade, resolvemos fazer a conversão do valor de forma tradicional. Isto é, primeiro convertendo wons em dólares para, posteriormente, trazer a moeda americana para os reais brasileiros.

É claro, você pode usar ferramentas gratuitas para fazer o cálculo automaticamente. No entanto, julgamos válido usar o racional tradicional porque, na prática, nem sempre é possível converter duas moedas de menor liquidez diretamente no mercado cambial. Em muitos casos, é necessário usar do dólar, do euro ou de outro câmbio forte.

Pois bem, usando a nossa metodologia, convertemos 45,6 bilhões de wons em dólares. Na data em que produzimos este conteúdo, o valor de cada dólar correspondia a 1.190,47 wons. Ou seja, o prêmio de Round 6 era equivalente a 38,3 milhões de dólares.

Seguindo a lógica, também seria possível converter a moeda americana em reais. Encontramos assim um prêmio de 209,10 milhões de reais. Nada mal, concorda? Podemos então concluir que o prêmio era bastante atrativo — independente da moeda do seu país.

Sobrou até para a bolsa coreana...

Se você pensa que Round 6 foi um sucesso apenas de entretenimento, sinto em dizer que há um equívoco. Até mesmo o mercado financeiro sentiu impactos reais do sucesso da série coreana.

Um bom exemplo é a empresa Bucket Studio, que tem sociedade com uma outra companhia responsável pela imagem do protagonista da série, Seong Gi-Hun, interpretado pelo ator Lee Jung-Jae.

A visibilidade de Round 6 foi tão forte que as ações reagiram fortemente ao sucesso do conteúdo. Desde 17 de setembro de 2021, quando a série foi lançada na Netflix, os papéis da companhia já se valorizaram em mais de 100%.

Outro exemplo de sucesso é da empresa Showbox. Na semana de lançamento, os papéis apresentaram uma valorização acima de 25%. Ao longo de 2021, as ações seguiram crescendo, gerando um lucro superior a 70% aos acionistas.

Round 6 também é um conteúdo educativo para finanças pessoais

Longe de ser um documentário sobre finanças, Round 6 também oferece algumas dicas financeiras para os espectadores mais atentos.

A começar pela estrutura da sua narrativa. O jogo mortal só existe porque existem pessoas tão endividadas que estão dispostas a sacrificar a própria vida em troca de uma vida mais equilibrada. O desespero é tanto que, mesmo com a oportunidade de encerrar o desafio com vida, os personagens optam por ir até o fim.

Ou seja, há uma clara lição da importância de monitorar os gastos e não se endividar para evitar a necessidade de cometer alguma loucura em troca da tranquilidade financeira.

Outro ponto educativo da série está em relação ao mercado financeiro. Cho Sang-Woo, interpretado pelo ator Park Hae-Soo, tem como principal característica uma excelente formação. E nem isso o impediu de cometer erros graves com investimentos em derivativos que geraram uma dívida superior a seis bilhões de wons.

Aqui, o ensinamento é de que não há caminho fácil. Muitos investidores buscam derivativos como forma de multiplicar rapidamente o seu capital. Contudo, usar desse mercado sem um grande conhecimento (técnico e emocional) pode trazer graves consequências para a sua saúde financeira.

Fundos de investimentos participam ativamente da indústria de filmes

Outra curiosidade que Round 6 trouxe para o público geral é a importância dos fundos de investimentos para essa indústria. É necessário, afinal, que existam recursos financeiros para a produção de um material visando entretenimento.

É verdade que o sucesso da Coréia do Sul no segmento não é nenhuma novidade. O K-Pop, gênero musical típico do país, é um ótimo exemplo disso. Com coreografias ousadas, os fãs já se espalham ao redor do mundo.

Falando de cinema, o país já havia ganhado muita notoriedade com o filme Parasita, vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro, além de outros cinco prêmios, durante o ano de 2020.

No entanto, segundo a Revista Fortune, o filme só foi ao ar por conta dos investimentos de um fundo de Private Equity. Isso mesmo: o sucesso das telinhas do cinema só chegou a um dos principais eventos do segmento por conta dos aportes realizados na produção do conteúdo.

O crescimento dos serviços de streaming

Por fim, o sucesso de Round 6 reforça um movimento que já vem ganhando força: o crescimento dos serviços de streaming. O destaque, claro, é a própria Netflix — companhia que já tem mais de 200 milhões de assinaturas e possui orçamento direcionado para seguir seu crescimento no mercado asiático.

E essa está longe de ser a única empresa do segmento. A tradicional Disney, por exemplo, vem investindo na sua plataforma de filmes e séries também. Até mesmo a Amazon já possui suas ações nessa linha. E devemos ter cada vez mais grandes companhias de olho nesse mercado.

Se você confia nessa tese de crescimento de negócios do segmento, também pode aproveitar para investir no setor via fundos de investimentos ou ações. É possível, por exemplo, alocar seu capital em Netflix e Disney pela própria B3 por meio de BDRs (Brazilian Depositary Receipts) — NFLX34 e DISB34, respectivamente.

Importante registrar, entretanto, que não se trata de uma recomendação de investimentos e que, como qualquer outra estratégia no mercado financeiro, os riscos fazem parte da operação. Não se esqueça de certificar se essa tese de investimentos é aderente ao seu perfil de investidor.

De qualquer forma, o crescimento do mercado asiático é inegável. E Round 6 é apenas mais um exemplo de que devemos olhar com atenção para o desenvolvimento da região e os respectivos impactos para o mercado financeiro.

Sobre o autor
Stéfano Bozza
Formado em Administração pela PUC-SP. Trabalhou em empresas do segmento financeiro (Itaú BBA) e varejo (BRMALLS) até 2016, quando iniciou a jornada de produção de conteúdo para a internet com foco em finanças.