Open Nav Logo Mais Retorno

Poupança

O que é poupança

Poupança é a parcela dos proventos ou da receita que é guardada para ser utilizada em um momento futuro. Não é uma ação de investimento, mas de preservação do capital.

O termo é frequentemente usado como sinônimo para "caderneta de poupança", uma opção prática para guardar o dinheiro poupado no banco, supostamente preservando seu poder de consumo.


Sobre a caderneta de poupança

 

A caderneta de poupança foi criada em 1861, pelo Imperador Dom Pedro II.

No mesmo decreto, ele também instituiu e regulou a Caixa Econômica Federal, que na época tinha apenas a função de receber e remunerar essas cadernetas. As cadernetas rendiam 6% ao ano e estavam sob a garantia do governo imperial.

O nome vem do fato de que os depósitos eram, literalmente, registrados em pequenos cadernos, ou cadernetas.

Diferença entre poupar e investir

Poupar é sinônimo de guardar. Quando você coloca uma parte do seu salário na caderneta de poupança, em vez de utilizar imediatamente, mesmo que seja sem um objetivo concreto, está poupando.

Investir é sinônimo de aplicar. Quando você aplica uma parte do seu salário em ações, fundos, títulos públicos, a fim de produzir rendimentos para multiplicar seu capital, está investindo.

Exatamente por isso, é preciso entender que a caderneta de poupança não é um investimento.

Quem deve fazer uma poupança

Fazer uma poupança (ou reserva de emergência) é recomendável para todas as pessoas, mesmo para quem investe. O motivo é que os recursos investidos, de modo geral, não devem ser retirados a qualquer momento.

Por exemplo, imagine que você comprou títulos do Tesouro Direto com vencimento para daqui a 5 anos. Então, precisa de dinheiro para pagar uma despesa inesperada com o carro amanhã. Se resgatar os títulos fora do tempo, há uma alta probabilidade de perder dinheiro.

Isso não acontece com quem tem uma poupança, que é a forma mais financeiramente segura de resgatar recursos a qualquer momento. Ou seja, você pode realizar compras programadas ou pagar contas imprevistas sem perder dinheiro nem prejudicar sua estratégia de investimentos.

Baixo rendimento da caderneta de poupança

O grande propósito da caderneta de poupança, como você já viu, é render o suficiente para que o dinheiro ali guardado não perca o poder de compra em razão da inflação.

Imagine que você colocou R$ 100,00 hoje na caderneta de poupança, e esse dinheiro compra 5kg de carne. Daqui a um mês, esses mesmos R$ 100,00 não compram mais a mesma quantidade de carne, porque a inflação faz o preço dela subir.

Ou seja, o dinheiro perde poder de compra. Para balancear esse efeito, a caderneta de poupança precisa apresentar um rendimento mínimo que, pelo menos, contraponha a perda da inflação.

O problema é que a poupança vem rendendo muito pouco e, em alguns momentos, menos do que a inflação. Com isso, além de ser uma péssima alternativa para quem deseja investir, ela também não é uma escolha muito boa para quem quer poupar.

Como é calculado o rendimento da caderneta de poupança:

O rendimento da poupança é composto por dois elementos: a remuneração básica e a remuneração adicional.

A remuneração básica é o valor da Taxa de Referência, ou Taxa Referencial (TR), que é estabelecida pelo Banco Central a partir das taxas de juros dos CDBs. No entanto, essa taxa está na casa de 0% desde 2012.

A remuneração adicional é vinculada à Selic. Nesse caso, há dois cenários:

Se a meta anual da Selic for igual ou inferior a 8,5%, a remuneração adicional anual será equivalente a 70% da Selic.

Se a meta anual da Selic for superior a 8,5%, a remuneração adicional será de 0,5% ao mês. Com a Selic em queda, a remuneração adicional também vem caindo.

Em 2018, a caderneta de poupança fechou o ano com rendimento de 4,62%, ou 0,385% ao mês.

Propostas para aumentar o rendimento da caderneta de poupança

Em 2019, a equipe econômica do Governo federal passou a discutir propostas para aumentar o rendimento da caderneta de poupança. Uma das alternativas é substituir a Taxa Referencial por um índice mais alto, como o IPCA.

Se forem tomadas medidas para fazer a caderneta de poupança render mais, os poupadores serão beneficiados. Porém, o mercado de capitais (como dos títulos de renda fixa) pode ser prejudicado, pois a caderneta vai oferecer resultados melhores do que alguns desses títulos.

 

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados