Open Nav

Moldagem

O que é a Moldagem?

Moldagem é o nome dado a um tipo de função mental diretamente ligada à memória e aos chamados vieses cognitivos.

Por definição, a Moldagem é caracterizada como a união de duas outras funções: o Nivelamento e a Amolação (ou ainda Leveling e Sharpening, de acordo com os termos originais em Inglês).

Como a Moldagem funciona?

Para começar, o Nivelamento é caracterizado como, ao contar as nossas histórias, filtramos o que falamos de modo a omitir determinadas partes da experiência para que certos eventos não sejam revelados - a partir de então adaptamos toda a história para alcançar esse objetivo.

Imagine que você, ainda adolescente, vai à casa de um(a) amigo(a) durante a tarde. No entanto, ao invés de voltar para a sua casa às 18h como é a regra, vocês vão a uma festa e ficam lá até às 22h. Os seus pais estudam à noite e só chegam às 23h - logo, quando você chega eles não estão em casa ainda. Na festa, você encontrou um velho conhecido da sua família, que não via há alguns anos, contudo, ao contar do seu dia, você se nega a revelar o fato, visto que isso poderia abrir espaço para mais perguntas sobre onde vocês se encontraram ou mesmo uma ligação dos seus pais para aquele conhecido. Esse é o Nivelamento em ação.

Já a Amolação consiste na capacidade humana de se lembrar de pequenos detalhes de uma experiência que vivenciou enquanto a reconta a alguém.

É como você, contando a(o) sua(eu) melhor amiga(o) sobre ter ido jantar na noite passada. Você não apenas descreve o prato delicioso que comeu e o pedaço astronômico de couve no dente da sua companhia, como se lembra que sobre a mesa havia uma toalha decorada cor de rosa, com uma pequena mancha de molho de tomate.

É plausível recordar o mais importante (como a refeição), mas o que de relevante há na tal mancha? Para contrair bastante o princípio da Inibição da Memória, certo? Bom, podemos culpar (ou parabenizar?) a Amolação por isso.

Como a Moldagem se relaciona com os vieses cognitivos?

A Moldagem não é, por si só, um viés cognitivo. Na verdade, está mais para uma ferramenta dos vieses, uma das configurações mentais através das quais eles se expressam. Por isso mesmo é tão importante conhecê-la.

O Efeito Bumerangue, por exemplo, é praticamente um especialista tanto no Nivelamento quanto na Amolação. Enquanto o Nivelamento lhe permite descrever o oponente numa discussão como menos racional do que realmente foi (omitindo os seus argumentos precisos), a Amolação abre espaço parra a Falácia da Falácia use de um pequeno deslize do outro, bem bobo mesmo, para invalidar absolutamente tudo o que ele disse.

O Viés de Confirmação segue o mesmo tipo de caminho junto à Moldagem. Enquanto o Nivelamento lhe ajuda a desconsiderar tudo aquilo que ameaça a sua visão de mundo, omitindo todas as críticas já feitas a ela ao compartilhá-la com um filho, por exemplo, a Amolação favorece que pequenos detalhes capazes de reforçar a crença sejam trazidos à tona.

Mais uma vez enfatizamos: a Moldagem não é o viés em si, ele é apenas a ferramenta. Conhecê-lo te permite reconhecer que um viés pode estar por trás do seu comportamento, manipulando a memória e interferindo no seu comportamento em todas as áreas da sua vida.

Como bem sabemos, depois de tantos artigos sobre vieses por aqui, desde relacionamentos e trabalho à saúde e dinheiro (é claro!) são alvos fáceis do pensamento enviesado. E como não é possível aniquilá-los, podemos amenizá-los: conhecê-los tintim por tintim é um excelente caminho para isso.

Como Investir nos Melhores Fundos

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados