Open Nav Logo Mais Retorno

Indicadores

O que é um indicador?

Indicador é um elemento que possui como objetivo apontar ou mostrar algo a alguém, expressando o desempenho de processos durante um período e/ou impondo ações.

Ao contrário do que muitos imaginam, estão totalmente presentes em nosso dia a dia de duas formas diferentes: como indicadores físicos (placas, faróis e mais) ou indicadores abstratos (dados estatísticos).

Seja como for, eles sempre estão lá, nos auxiliando na análise do mundo à nossa volta.


Para que serve um indicador?

Os indicadores podem ser considerados guias eficientes e seguros para análises profundas de diferentes cenários, permitindo um olhar abrangente, técnico e comparativo da nossa realidade.

A partir dele, um processo sistemático pode ser criado para o aperfeiçoamento de resultados através de uma tomada de decisões segura, baseada na leitura mais correta do contexto analisado.

Sem contar que compõem uma espécie de histórico, permitindo o acompanhamento do desenvolvimento de uma região, de uma empresa, de um grupo social, entre outros.

O que são indicadores econômicos? Quais são os principais tipos que existem?

Os indicadores econômicos são, majoritariamente, indicadores abstratos. Tais dados são um espelho do caminhar da economia de uma região a partir de um determinado conjunto de aspectos.

De maneira geral, servem como um termômetro para compreender o mercado, suas movimentações e permite prever futuros resultados. São alvos do governo, de empresários e investidores.

Porém, não basta compreendermos que são indicadores abstratos. A economia é complexa e não deixa seus indicadores de fora, por isso, existem dezenas deles. Veja a seguir seis dos principais indicadores da economia brasileira e para que servem.

PIB

O Produto Interno Bruto (PIB) é a administração/cotação de tudo o que produzimos, distribuímos e consumimos em território nacional.

Desde a agricultura até a prestação de serviços informais (como manicures, cabeleireiras, psicólogas e mais), tudo é incluso no Produto do país, servindo como uma noção sobre a riqueza ou pobreza de um Estado Nacional.

Quanto maior o PIB, maior o movimento do mercado interno, ou seja, maior o consumo.

PIB per capita

A partir deste indicador é medida a renda média de cada cidadão. E o cálculo é bem simples: basta dividir o número do PIB pelo número de habitantes, permitindo obter uma proporção média de produção por habitante.

INPC

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) é responsável por apresentar a variação de preços dos produtos básicos, como o arroz e o feijão.

Este indicador é dedicado para medir e administrar a inflação que chegam em famílias de baixa renda (que ganham até 5 salários mínimos).

A instituição encarregada por esses dados é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), usando como base o Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor (SNIPC).

Balança Comercial

A Balança Comercial é um levantamento acerca de todas as importações e exportações feitas no país.

Pode aparecer como uma balança positiva (quando vendemos mais do que compramos) ou uma balança negativa (quando temos mais importações).

Vale lembrar que todo tipo de produto ou prestação de serviço (como o turismo, por exemplo) estão inclusos nesses cálculos.

IPCA

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) trabalha de maneira parecida ao INPC, porém, sem segmentar o público de baixa renda, trazendo parâmetros gerais sobre a variação de preços para todos os nichos de consumidores, ou seja, para o mercado em geral.

É atualizado mensalmente, também pelo IBGE com base no SNIPC, servindo como previsão da oferta e procura de um determinado produto.

A partir disso, pode-se encontrar as chamadas inflação (mais procura do que oferta) e deflação (maior produção do que procura). Tais variações afetam, diretamente, no valor da moeda nacional, deixando-a em situação de instabilidade.

IDH

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um Indicador em escala global, que tem como função medir os recursos fundamentais para um povo, sendo eles a Educação, a Renda e a Saúde.

Seus números vão de 0 a 1, sendo os países mais próximos a 1 os com melhor desenvolvimento.

Esses são apenas alguns dos indicadores básicos. Apesar de suas diferenças, possuem um único objetivo: descrever um cenário a fim de promover profundas análises e, se possível e necessário, o desenvolvimento de soluções.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados